Coluna

Ricardo Feltrin

Em entrevista a Porchat, Marcia Goldschmidt diz que descarta voltar à TV

Divulgação
Fabio Porchat entrevista Marcia Goldschmidt; matéria vai ao ar na próxima quarta (12), na Record Imagem: Divulgação
Ricardo Feltrin

Ricardo Feltrin é colunista do UOL desde 2004. Trabalhou por 21 anos no Grupo Folha, como repórter, editor e secretário de Redação, entre outros cargos.

Colunista do UOL

09/04/2017 07h02

Em entrevista a Fabio Porchat, em Portugal, a ex-apresentadora Marcia Goldschmidt afirmou que não tem a menor vontade de voltar à TV.

Aos 54 anos, Marcia hoje vive com o marido, Nuno Rêgo, em Portugal. Porchat (Record) foi até lá entrevistá-la (aliás, o apresentador do "Programa do Porchat"  fez um "tour" pela Europa e EUA e também entrevistou Vin Diesel e a atriz Charlize Teron).

Márcia e Nuno começaram a  namorar em 2010. Os dois têm  gêmeas, Victoria e Yanne. A segunda sofria de uma rara doença no fígado e foi submetida a um transplante do órgão (quem doou parte do órgão para o transplante foi o primeiro filho de Márcia, James.

Márcia disse que hoje sua vida é dedicada apenas a cuidar de Yanne, principalmente, e de Victoria.

Com Porchat, Márcia abriu seu coração e disse que sua vida mudou e que não tem vontade de retornar ao Brasil e tampouco de voltar à TV.

No Brasil seu primeiro programa foi em 1995 na extinta Rede Mulher. Entre 1997 e 2001, trabalhou no SBT, onde se tornou conhecida nacionalmente.

Depois passou ainda pela Gazeta e Bandeirantes, entre 2000 e 2010.

Apesar de se dizer longe da TV, Marcia aceitou fazer uma brincadeira com Porchat. A produção do talk show da Record achou um casal português brigado, e Márcia fez o papel de cupido.

A previsão é que o programa com a entrevista vá ao ar na próxima semana.

@feltrinoficial   

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Topo