Coluna

Ricardo Feltrin

Patrícia Abravanel festeja vitória no ibope sobre 'dobradinha' Xuxa-Porchat

Rafael Cusato/SBT
Patricia Abravanel vira cover de Katy Perry no centésimo "Máquina da Fama" (maio de 2016) Imagem: Rafael Cusato/SBT
Ricardo Feltrin

Ricardo Feltrin é colunista do UOL desde 2004. Trabalhou por 21 anos no Grupo Folha, como repórter, editor e secretário de Redação, entre outros cargos.

Colunista do UOL

12/04/2017 16h25Atualizada em 12/04/2017 16h50

Na última segunda-feira, um dia depois de ser eleita no Troféu Imprensa como melhor apresentadora de 2016, Patrícia Abravanel teve uma nova alegria: seu “Máquina da Fama” derrotou a “dobradinha” Xuxa Meneghel e Fabio Porchat, na Record.

Em seu horário, o “Máquina da Fama” fechou como vice-líder isolado, segundo dados consolidados da Kantar Ibope: marcou 5 pontos de média na Grande São Paulo, contra 4,2 da Record. A Globo liderou com  larga margem com o “Tela Quente”: 18,4 pontos.

Enquanto se confrontou com Xuxa e o “Dancing Brasil”, Patrícia  venceu por 5,4 x 5,0 pontos (cada ponto = 70,5 mil domicílios).

Já no confronto com o “Programa do Porchat”, a apresentadora e herdeira do SBT teve mais folga: 4,4 x 2,8  (+54%).

Com a última segunda, Patrícia totalizou 17 vitórias consecutivas sobre o talk show da Record (desde 14 de novembro).

@feltrinoficial

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Topo