Coluna

Ricardo Feltrin

Silvio Santos veta reportagens longas ou em série nos telejornais

Lourival Ribeiro/SBT
Silvio Santos quer um jornalismo mais ágil e útil no SBT Imagem: Lourival Ribeiro/SBT
Ricardo Feltrin

Ricardo Feltrin é colunista do UOL desde 2004. Trabalhou por 21 anos no Grupo Folha, como repórter, editor e secretário de Redação, entre outros cargos.

Colunista do UOL

11/05/2017 12h38Atualizada em 11/05/2017 13h02

Por determinação de Silvio Santos, o departamento de Jornalismo do SBT está vetando que sua equipe se envolva com reportagens investigativas que demandem muito tempo --tanto de apuração como de  exibição

O dono do SBT quer que as reportagens sejam cada vez mais ágeis, rápidas e voltadas principalmente para questões que afetem diretamente a vida do telespectador.

Isso não impede, porém, que seja feito jornalismo investigativo na casa, porém. O trabalho jornalístico de Roberto Cabrini, por exemplo, não está incluído nessa nova "regra", que é voltada mais aos telejornais.

Mas, no caso de reportagens que demandem muita investigação, ou que  precisem ser exibidas em “série” (uma prática comum na Band, por exemplo), o veto nas últimas semanas passou a ser total.

Ou seja: se for para fazer uma matéria investigativa, ela tem que dizer tudo em apenas uma exibição. E de preferência de forma rápida.

No ano passado o SBT iniciou uma campanha convidando a quem tivesse reportagens exclusivas, que as enviasse ao SBT com a chance de ganhar até R$ 10 mil.

@feltrinoficial

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Topo