Coluna

Ricardo Feltrin

Equipe brasileira que vai filmar Everest 360 graus já está a 7.300 metros

Pitaya Filmes/Divulgação
Karina Oliani durante sua escalada no Everest em 2013, exibida no "Fantástico" Imagem: Pitaya Filmes/Divulgação
Ricardo Feltrin

Ricardo Feltrin é colunista do UOL desde 2004. Trabalhou por 21 anos no Grupo Folha, como repórter, editor e secretário de Redação, entre outros cargos.

Colunista do UOL

13/05/2017 07h33Atualizada em 13/05/2017 07h34

A expedição brasileira que pretende filmar o Everest com câmeras 360 graus já chegou à altura de 7.300 metros ontem.

Liderada pela médica e especialista em resgates Karina Oliani, trechos da escalada serão exibidos no “Fantástico” (Globo) ainda este ano.

“Acabamos nosso primeiro ciclo de aclimatação. Fomos até 7.300 metros”, disse a apresentadora à coluna, por meio de whatsapp. Esta é sua segunda escalada na maior montanha do mundo.

Em 2013 ela escalou pela face do Nepal, que demorou cerca de 55 dias. A aventura também foi exibida na Globo.

Desta vez a subida é pelo Tibete, e tem sido mais rápida: começou no último dia 1º. Karina foi a mais jovem brasileira a vencer a montanha.de 8.848 metros.

“Agora vamos descansar uns quatro ou cinco dias e depois começar a arrancada final”, disse ela.

Karina Ragazzo Oliani é praticante de ao menos 20 esportes radicais e é apresentadora desde 2006, quando estreou o quadro “Rolé”, no programa “Zona de Impacto” da SporTV.  Já fez trabalhos para o “Esporte Fantástico” da Record.

No ano passado foi uma das apresentadoras do "Desafio Celebridades", do Discovery, eleito entre os melhores reality shows da TV (aberta ou fechada).

Com apenas 12 anos ela saltou pela primeira vez de pára-quedas e concluiu um curso de mergulho.

“Eu sempre fui assim. É minha essência”, diz.

Além disso ela também tirou licença para pilotar helicópteros. “Eu achei que seria uma coisa muito útil para eu aprender, uma vez que também trabalho com resgate em locais ermos”, disse.

@feltrinoficial

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Topo