Coluna

Ricardo Feltrin

Análise: Na publicidade, Fátima Bernardes troca frios por joias e educação

Reprodução/Globo
Fátima Bernardes no "Encontro com Fátima", líder de audiência nas manhãs da TV brasileira Imagem: Reprodução/Globo
Ricardo Feltrin

Ricardo Feltrin é colunista do UOL desde 2004. Trabalhou por 21 anos no Grupo Folha, como repórter, editor e secretário de Redação, entre outros cargos.

Colunista do UOL

28/05/2017 14h45Atualizada em 28/05/2017 14h45

A apresentadora e jornalista Fátima Bernardes não teve problemas em desvincular sua imagem da Seara, de quem foi o rosto publicitário por três anos.

Coincidência ou não, bastou a JBS (dona da Seara) ser jogada ao olho do furacão dos escândalos --primeiro na Operação Carne Fraca, depois na delação da família Batista-- para que a ex-âncora do “Jornal Nacional” e ex-senhora Bonner tirasse seu time da publicidade de frios e outros embutidos da companhia.

Atualmente seu rosto só pode ainda ser associado à marca em alguns produtos vendidos em supermercados, que ainda contam com sua foto impressa nos rótulos.

Pelo jeito Fátima não amargou nenhum arranhão em sua imagem por causa dos escândalos da ex-contratante.

Ela nem ficou fora do ar, porque, logo em seguida, já apareceu como a nova garota-propaganda da Rommanel, produtora de joias folheadas a ouro e patrocinadora do seu programa matinal na Globo.

Segundo a coluna apurou, depois que Fátima começou a aparecer diretamente como “a cara” da Rommanel, a empresa teve de reforçar seu suporte de atendimento a novas interessadas em se tornar representantes comerciais da marca.

As vendas dispararam.

A mesma coisa, vale dizer, ocorreu nos primeiros meses em que ela representava a Seara, o que mostra seu imenso poder publicitário. Hoje ela é 
dona do maior cachê da publicidade brasileira, conforme esta coluna informou com exclusividade dois anos atrás.

Procurada, a Rommanel não quis dar informações ou dados para a elaboração deste texto. A empresa disse apenas que anuncia e patrocina o “Encontro” tanto na internet como na TV.

Só que nos últimos dias, Fátima também passou a estrelar e faturar com "merchandisings" do sistema Positivo de Educação.

Para isso ela vem aparecendo em longos testemunhais (na verdade pseudo-entrevistas) em favor da grife educacional.

De certa forma isso comprova que Fátima, como celebridade, já está talvez acima das marcas às quais ela empresta seu rostinho (muito bonito).

Claro, muita gente acha que um artista é responsável pelos produtos que anuncia, mas isso está longe ser um consenso. Especialmente entre contratantes, que é o mais importante para Fátima Bernardes.

Leia mais: Jornalistas mudam para entretenimento e faturam milhões; veja cachês

@feltrinoficial

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Topo