Coluna

Ricardo Feltrin

Temporada de "O Sócio", do History Channel, sorteia R$ 25 mil no Brasil

Divulgação
Marcus Lemonis é "O Sócio", exibido pelo The History Channel Imagem: Divulgação
Ricardo Feltrin

Ricardo Feltrin é colunista do UOL desde 2004. Trabalhou por 21 anos no Grupo Folha, como repórter, editor e secretário de Redação, entre outros cargos.

Colunista do UOL

30/05/2017 08h53Atualizada em 30/05/2017 13h29

A quarta temporada do reality "O Sócio", comandado pelo bilionário de origem libanesa Marcus Lemonis, vai dar prêmio em dinheiro no Brasil.

A novidade é que o THC (The History Channel) vai lançar um concurso para sortear R$ 25 mil entre os telespectadores a partir do episódio desta noite (4ª temporada).

ANOTE OS CÓDIGOS

Para isso é necessário se cadastrar em  seuhistory.com/desafiosocio e assistir aos programas inéditos da 4ª temporada. A promoção começa às 23h35 de hoje e termina em 12 de julho (são episódios semanais). 

Durante a exibição, segundo o canal, vão aparecer na tela alguns "códigos" que deverão ser anotados pelos participantes.

Com esses códigos o inscrito poderá responder perguntas e o objetivo é respondê-las o mais rapidamente possível.

COMO É O PROGRAMA

“O Sócio” (The Profit) é (considerado por esta coluna) um dos melhores e mais interessantes programas da TV por assinatura.

Nele, o empresário e inventor Marcus Anthony Lemonis, 43 anos, é chamado por empresários à beira da falência para tentar ajudar os negócios.

Lemonis coloca dinheiro do próprio bolso, mas se torna sócio das empresas que aceitam sua ajuda.

Nem tudo é tão simples, porém. Ele habitualmente encontra empresários desonestos, incompetentes, burros ou presunçosos; inclusive  já foi enganado em alguns casos.

O programa mostra tudo: tanto os casos de sucesso como os de fracasso.

Para se inscrever no concurso é preciso acessar a página seuhistory.com/desafiosocio

@feltrinoficial

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Topo