Coluna

Ricardo Feltrin

Apesar da Simba, Record vive seu melhor ano no ibope nacional desde 2010

Reprodução/Record
Quadro "Hora da Venenosa", do "Balanço Geral", é um dos responsáveis pela boa audiência da casa este ano Imagem: Reprodução/Record
Ricardo Feltrin

Ricardo Feltrin é colunista do UOL desde 2004. Trabalhou por 21 anos no Grupo Folha, como repórter, editor e secretário de Redação, entre outros cargos.

Colunista do UOL

15/08/2017 08h19Atualizada em 15/08/2017 08h19

Apesar do corte de sinal das maiores operadoras em São Paulo e no Distrito Federal, a Record não pode reclamar de 2017.

Apesar de perder público nessas duas regiões, na média nacional, pelo menos, entre janeiro e julho deste ano, a emissora está registrando 7 pontos de média na faixa horária das 7h à 0h --o chamado horário comercial da TV, onde se concentram quase que a totalidade da publicidade nacional.

É a melhor audiência da Record desde 2010 quando, no mesmo período, ficou com 7,2 de média.

Os dados consolidados de audiência foram medidos pela Kantar Ibope. Nessa medição cada ponto equivale a cerca de 240 mil domicílios localizados nas 15 maiores regiões metropolitanas do país.

Este ano, nessa mesma faixa horária, o SBT segue em terceiro lugar, com 6,3 pontos.

A Globo lidera com 17 pontos.

A Band vem em quarto com 1,9 ponto, e a RedeTV! tem 0,5 ponto.

Chama a atenção nos dados obtidos pela coluna que, na comparação 2016 com 2017, a audiência dos canais exclusivamente pagos está praticamente estagnada: 9,4 pontos no ano passado contra 9,5 em 2017.

POR FAIXAS HORÁRIAS

No mercado nacional, na média 24 horas do dia, em 2017, a Record também detém a vice-liderança, mas por apenas um décimo: 5,4 x 5,3.

A Globo lidera com 13,9 pontos. Canais pagos marcam 8 pontos. Band tem 1,5 e a RedeTV!, 0,5 ponto.

Já na faixa matinal, quando exibe desenhos e seriados teens, o SBT continua batendo a Record e mantendo a vice-liderança, embora por pouco (4,5 x 4,3).

No período vespertino, graças a atrações como "Hora da Venenosa", no "Balanço Geral", a Record abre mais de um ponto de diferença (7,3 x 6,2).

No horário nobre a emissora de Edir Macedo também fica na frente: 8,9 x 7,9.

Nessa faixa --a mais cara da TV-- é a que a Globo abre a maior vantagem sobre as concorrentes:  13,9 pontos.

Leia também

Filme sobre Edir Macedo estreia em março e será exibido em 80 países

Em uma década, Globo perde sintonia de 1 em cada 4 TVs no país

Maior especialista em Ovnis da TV paga visita São Paulo este mês

Colunista no Twitter, no Facebook ou no site Ooops!

 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Topo