Coluna

Ricardo Feltrin

Globosat lança em outubro canal para crianças de 2 a 5 anos: o Gloobinho

Divulgação
Logo do Gloobinho, canal destinado a crianças de 2 a 5 anos que deve estrear em 3 de outubro Imagem: Divulgação
Ricardo Feltrin

Ricardo Feltrin é colunista do UOL desde 2004. Trabalhou por 21 anos no Grupo Folha, como repórter, editor e secretário de Redação, entre outros cargos.

Colunista do UOL

26/08/2017 09h02

Após um hiato de cinco anos, desde o lançamento do Gloob --hoje um dos canais mais vistos da TV por assinatura do país--, a Globosat lançará seu segundo “filhote” na área infantil dentro de dois meses.

A previsão é que o Gloobinho, canal destinado a crianças de 2 a 5 anos, estreie no próximo dia 3 de outubro, segundo Paula Taborda, gerente de conteúdo e programação do Gloob (e do novo Gloobinho).

Paula revelou a data no último dia da Max 2017, feira audiovisual que ocorreu esta semana em Belo Horizonte.

A ideia de lançar um segundo canal infantil, segundo ela, vem da enorme escalada de sucesso em audiência do Gloob (destinado a crianças e jovens de 6 a 14 anos).

No chamado prime time da TV paga (18h à 1h) o Gloob estava em 2012 em 40º lugar em audiência entre os canais por assinatura (todos). Este ano, já está em 12º lugar.

Também já é o terceiro canal infantil mais visto, só atrás dos veteranos Discovery Kids e Cartoon.

A executiva também apresentou ao mercado novidades sobre o Gloob: o canal da Globosat agora é também um licenciador de marcas.

O jornalista Ricardo Feltrin viajou à Max 2017 Minas a convite da produção do evento.

Leia Mais

Além de canal infanti, Gloob passa também a licenciar marcas

Consumo mostra que TV aberta está longe de morrer, diz diretora da Kantar

Colunista no Twitter, no Facebook ou no site Ooops!

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Topo