Coluna

Ricardo Feltrin

Após Carolina Ferraz, Globo teme novos processos no elenco artístico

Manuela Scarpa/Brazil News?
Carolina Ferraz está movendo processo milionário contra a Globo Imagem: Manuela Scarpa/Brazil News?
Ricardo Feltrin

Ricardo Feltrin é colunista do UOL desde 2004. Trabalhou por 21 anos no Grupo Folha, como repórter, editor e secretário de Redação, entre outros cargos.

Colunista do UOL

12/11/2017 13h54Atualizada em 12/11/2017 15h07

Após ser acionada na Justiça pela atriz Carolina Ferraz, a Globo já teme uma onda de processos judiciais milionários nas Justiças comum e do Trabalho.

A emissora confirmou o processo da atriz. Esta coluna consultou a casa a respeito da ação na semana passada, mas foi informada que a emissora não comentaria casos “sub judice”.

Carolina, 49 anos, trabalhou na Globo nos últimos 25 anos como pessoa jurídica.

Agora está movendo uma ação estimada em ao menos R$ 5 milhões, na qual exige vínculo empregatício e todos os direitos trabalhistas possíveis.

Em 2014, conforme esta coluna informou à época com exclusividade, a emissora decidiu acabar com a era dos “super salários” e contratos.

Hoje, está acabando com a maioria dos vínculos de longo prazo com atores e atrizes registrados nas últimas décadas como pessoas jurídicas.

O processo de Carolina é um dos motivos que contribuiu para que uma ala da emissora defendesse que o elenco artístico passe a ser registrado via CLT (em carteira do trabalho), conforme esta coluna informou com exclusividade em setembro.

Até cerca de dois anos atrás, com exceção dos chamados "medalhões" e de uma nata do segundo escalão artístico, boa parte dos atores e humoristas da Globo --como o elenco de "Zorra Total", por exemplo-- era registrada em carteira, com todos os direitos trabalhistas envolvidos.

No entanto, há ainda alguns contratos antigos com atores e atrizes PJs vencendo nos próximos meses.

Na estimativa de indenização que Carolina Ferraz pede está  incluído cerca de R$ 1 milhão que a emissora teria de fazer em contribuições ao INSS. Esse dinheiro não seria embolsado por ela, portanto. Iria para o governo.

A assessoria da atriz não comenta o caso, que está sob segredo de Justiça.

Desde ontem, o país está sob a égide de uma nova legislação trabalhista. Leia aqui o especial do UOL sobre as mudanças.

Leia mais

Evaristo aceita valor, encerra contrato com Globo e já pode fazer merchan

Globo estuda voltar a registrar elenco artístico em carteira profissional

Colunista no Twitter, no Facebook ou no site Ooops!

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Topo