Coluna

Ricardo Feltrin

Em fase de ajustes no SBT, "Domingo Legal" pode encolher ou até acabar

Gabriel Cardoso/Divulgação/SBT
Celso Portiolli participa do programa "Eliana" Imagem: Gabriel Cardoso/Divulgação/SBT
Ricardo Feltrin

Ricardo Feltrin é colunista do UOL desde 2004. Trabalhou por 21 anos no Grupo Folha, como repórter, editor e secretário de Redação, entre outros cargos.

Colunista do UOL

30/01/2018 09h58

Com um programação enxuta e econômica, a direção do SBT está satisfeita com a audiência obtida por praticamente todas as faixas horárias. Afinal, é vice-líder isolada de audência no país.

No entanto, ainda há alguns “calos” que prejudicam o andamento e a audiência média geral da emissora.

Neste último fim de semana, a atração apresentada por Celso Portiolli, o “Domingo Legal”, fechou média de 4,2 pontos na Grande São Paulo --o menor ibope da linha de shows dominical do SBT, e uma das menores médias registradas recentemente..

Quando entregou o horário para Eliana, Portiolli já havia caído para a  casa dos 3,2 pontos. Cada ponto equivale a cerca de 72 mil casas sintonizadas.

Considerado um programa já “datado”, com pouca personalidade e com quadros e brincadeiras superados, o programa até amealha  algumas ações de “merchans”, mas perde sistematicamente para a Record na audiência, ficando em terceiro lugar.

Há várias hipóteses no SBT para tentar mudar essa situação. A saber:

O “Domingo Legal”, que tem entregado o horário para Eliana com ibope baixo, ficaria com talvez com apenas  uma hora de duração, e não duas.

Conforme o site Notícias da TV antecipou ontem, o dominical do SBT perdeu feio para a Record: 4,2 pontos x 7,9 pontos.

A entrada de um programa novo só para Patrícia Abravanel também vem sendo estudada, mas o martelo não foi batido ainda porque ela está de licença maternidade.

Nesse caso os domingos à tarde do SBT serão comandados por duas mulheres: Eliana e Patrícia.

LEIA MAIS

Após deixar Band, "Pânico" prepara volta só na internet

SBT Brasil fecha 2017 com a maior média de ibope em 12 anos

Colunista no Twitter, no Facebook ou no site Ooops!

 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Topo