Coluna

Ricardo Feltrin

Pabllo Vittar custou para cervejaria 4 vezes mais que cachê de Cléo Pires

Cleomir Tavares/Divulgação
Cachê de Pabllo Vittar está em alta; assim como o de Anitta Imagem: Cleomir Tavares/Divulgação
Ricardo Feltrin

Ricardo Feltrin é colunista do UOL desde 2004. Trabalhou por 21 anos no Grupo Folha, como repórter, editor e secretário de Redação, entre outros cargos.

Colunista do UOL

13/02/2018 14h28Atualizada em 13/02/2018 14h28

Nem a espetacular garota-propaganda Aline Riscado e nem a “causadora” embaixadora Cléo Pires.

A verdadeira estrela do camarote da Itaipava no Rio de Janeiro --em termos de cachê e alvoroço-- foi a cantora Pabllo Vittar .

Para passar a primeira noite no camarote assistindo aos desfiles e fazer um show para os convidados Pabllo teria faturado ao menos R$ 200 mil da cervejaria.

Para efeitos de comparação, para dar as graças como “embaixadora” do camarote, a atriz e modelo Cléo Pires, com camiseta customizada deixando os seios à mostra, teria recebido um cachê em torno de R$ 50 mil.

Segundo fontes da coluna ouvidas nesta terça-feira, foi aproximadamente  o mesmo valor pago a Aline Riscado, a Verão, que há anos é a garota-propaganda da marca de cerveja na mídia.

Vittar também se apresentou na semana passada no camarote 2222, em Salvador, mas seu cachê ali teria sido metade do recebido no Rio: R$ 100 mil.

Colunista no Twitter, no Facebook ou no site Ooops!

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Topo