Coluna

Ricardo Feltrin

Nos EUA, Silvio Santos gasta "fortuna" em enxovais para neto e netinhas

Reprodução/Instagram/danielabeyruti
Silvio Santos e Iris Abravanel admiram os netos Imagem: Reprodução/Instagram/danielabeyruti
Ricardo Feltrin

Ricardo Feltrin é colunista do UOL desde 2004. Trabalhou por 21 anos no Grupo Folha, como repórter, editor e secretário de Redação, entre outros cargos.

Colunista do UOL

24/03/2018 07h11Atualizada em 25/03/2018 00h08

De férias nos EUA com a mulher e algumas das filhas, Silvio Santos tem aproveitado para exercitar sua função de avô (rico).

Nos últimos meses, três de suas filhas tiveram bebês: em novembro Daniela teve Lucas.

Um mês depois foi a vez de Renata (a caçula) ter Nina (a netinha nº10.

Já no mês seguinte, janeiro, quem teve bebê foi Patrícia, que deu à luz Jane, a netinha nº 11.

Embora milionária, a família Abravanel nunca deixou de ser econômica e preferiu comprar a maioria das roupinhas para os bebês (para os próximos meses também) em Orlando, já que o preço desse tipo de produto no Brasil chega a ser proibitivo.

Boa parte dos enxovais já havia sido inclusive encomendada pelas filhas de Silvio.

Vovô Abravanel está gastando milhares de dólares nas roupinhas.

O dono do SBT deve voltar ao trabalho apenas em meados ou fim de maio.

Mesmo assim até lá todos os seus programas no SBT serão inéditos, pois ele passou o primeiro trimestre gravando a toque de caixa edições inéditas.

Em maio também deve ocorrer a volta de Patrícia Abravanel aos domingos do SBT.

Há projeto para que, em breve, Patrícia tenha um programa solo e autoral (não formato comprado) na emissora. Ela é considerada a grande herdeira do pai como “entertainer”.

LEIA MAIS

GfK pagará milhões em indenizações a SBT, Record e RedeTV!

Record perde âncora de telejornal líder de ibope na Bahia para Globo

Colunista no Twitter, no Facebook ou no site Ooops

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Topo