Topo

Coluna

Ricardo Feltrin

GloboNews prepara "telejornalzão" de 3 horas e quer dar mais espaço a SP

Ramon Vasconcelos/Divulgação/TV Globo
Christiane Pelajo apresenta o "Jornal da GloboNews - Edição das 16h" Imagem: Ramon Vasconcelos/Divulgação/TV Globo
Ricardo Feltrin

Ricardo Feltrin é colunista do UOL desde 2004. Trabalhou por 21 anos no Grupo Folha, como repórter, editor e secretário de Redação, entre outros cargos.

Colunista do UOL

12/04/2018 07h02

Telejornais muito mais longos, menos dependência de produtos da TV Globo e menos atrações gravadas são algumas das mudanças que estão sendo preparadas pela nova direção da GloboNews.

O objetivo é que o canal seja, cada vez mais, ao vivo, com programação quente.

Na parte da manhã, estuda-se a criação de um "telejornalzão" que pode durar de três a até quatro horas (o tamanho final ainda está indefinido).

A ideia seria que esse primeiro  "telejornalzão" abra as manhãs e que seja feito a partir de São Paulo.

Outro  produto que deve ser ampliado é o “Edição das 10h”, que hoje dura duas horas e passaria a durar três, terminando às 13h.

O “Estúdio i”, com Maria Beltrão, feito no Rio, também seria ampliado em uma hora: das 13h às 16h (hoje é das 14h às 16h).

Os demais telejornais das 16h, com Christiane Pelajo (São Paulo); das 18h, com Leilane Neubarth (Rio); o “Em Pauta” (Rio), e o “Jornal das 10”, com Heraldo Pereira (Brasília), permaneceriam com o mesmo tamanho.

O canal da Globosat quer ampliar o espaço das notícias de São Paulo também porque esse é o principal mercado da publicidade brasileira.

Hoje a imagem do canal noticioso da Globosat é difusa; ora parece um canal mais voltado aos cariocas, ora é totalmente identificado com Brasília e com a política --o que normalmente afugenta anunciantes.

MUDANÇAS

A GloboNews já vem passando por mudanças desde o ano passado, quando ocorreu a troca de direção.

Deixou a emissora a diretora Eugenia Moreyra --que se aposentou-- e assumiu Miguel Athayde, então responsável pelo jornalismo da Globo no Rio.

Athayde é também marido de Renata Vasconcellos, âncora do "Jornal Nacional".

Vários profissionais veteranos da casa foram desligados ou pediram para sair nos últimos meses.

O canal também passou por uma reformulação gráfica.

LEIA MAIS

Notícias da TV: Globo adverte jornalistas após Chico Pinheiro defender Lula

Colunista no Twitter, no Facebook ou no site Ooops

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!