Topo

Coluna

Ricardo Feltrin

SBT abre distância da Record e segue em 2º isolado no ibope em SP e no país

Divulgação/SBT
Silvio Santos: de camelô a bilionário - um empreendedor nato Imagem: Divulgação/SBT
Ricardo Feltrin

Ricardo Feltrin é colunista do UOL desde 2004. Trabalhou por 21 anos no Grupo Folha, como repórter, editor e secretário de Redação, entre outros cargos.

Colunista do UOL

02/05/2018 10h54Atualizada em 02/05/2018 11h12

O mês de abril terminou garantindo ao SBT o segundo isolado em audiência, tanto em São Paulo como nas demais praças metropolitanas do país mensuradas pela Kantar Ibope Media nas 24 horas do dia.

Em São Paulo, considerado o principal mercado publicitário do Brasil, o SBT terminou na média 24 horas com 6,1 pontos, contra 5,3 pontos da Record (a Globo segue líder com 13,6 pontos).

Cada ponto equivale em SP a cerca de 72 mil domicílios sintonizados.

Na comparação com abril do ano passado, a TV de Silvio Santos registrou um crescimento em torno de 25%.

Com os resultados de abril, a TV de Silvio Santos completou 13 meses consecutivos à frente da Record.

Bem, nem tudo são más notícias para a  Record: na comparação com 2017, ela apresentou 14% de crescimento e saltou de 4,7 para 5,3 pontos de média.

A Globo, por sua vez, registrou ligeira queda de 2% --de 13,8 para 13,6 pontos de média.

PNT

No chamado Painel Nacional de Televisão, que mensura as audiências das 15 maiores regiões metropolitanas do país, a briga está mais complicada.

Nessa medição o SBT continua como vice-líder, com 5,6 pontos, mas a Record está encostada com 5,3 pontos (nas 24 horas). A Globo lidera com 13,8 pontos.

Na medição PNT, cada ponto vale por cerca de 200 mi domicílios sintonizados.

Colunista no Twitter, no Facebook ou no site Ooops