Topo

Coluna

Ricardo Feltrin

Presidente da Band tranquiliza produção e elogia Cátia Fonseca

Kelly Fuzaro/Band
Catia Fonseca , do "Melhor da Tarde", no CArnaval deste ano no camarote da emissora em Salvador Imagem: Kelly Fuzaro/Band
Ricardo Feltrin

Ricardo Feltrin é colunista do UOL desde 2004. Trabalhou por 21 anos no Grupo Folha, como repórter, editor e secretário de Redação, entre outros cargos.

Colunista do UOL

20/05/2018 08h51Atualizada em 20/05/2018 13h26

A produção do “Melhor da Tarde”, da Band, teve ao mesmo tempo um alívio e uma ótima notícia na semana passada.

O presidente da emissora, Johnny Saad, encontrou a apresentadora Cátia Fonseca e elogiou bastante sua atuação e a performance do programa --tanto do ponto de vista de audiência como o comercial.

A produção estava assustada desde a demissão de Evandro Santo, que tinha um quadro na atração. O susto foi maior porque a baixa ocorreu após apenas dois meses da estreia da atração.

Logo após o corte de Evandro, espalhou-se rumor de que a direção da casa estava descontente e que faria mais mudanças (leia-se demissões).

Johnny, porém, que tem o hábito de conversar diretamente com seus funcionários --seja uma copeira, um jornalista ou um apresentador--, tratou de  sossegar a apresentadora e sua equipe.

Disse que está satisfeitíssimo com o produto, que o ibope está indo bem e que as receitas com merchandising, melhor ainda.

O “Melhor da Tarde” é um dos programas da Band com maior quantidade de “merchans”.

O programa tem registrado média de audiência em torno de 1,6 ponto em São Paulo, onde cada ponto vale por 72 mil domicílios na Grande São Paulo.

Pode parecer pouco, mas é quase 1 ponto a mais do que a emissora registrava mais ou menos nesta época no ano passado, quando exibia nesse horário um programa caça-níqueis terceirizado.

Colunista no Twitter, no Facebook ou no site Ooops

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!