Topo

Coluna

Ricardo Feltrin

Com cobertura de greve, total de TVs ligadas dispara em São Paulo

Getty Image
Com greve de caminhoneiros, total de aparelhos de TV ligados disparou no último fim de semana Imagem: Getty Image
Ricardo Feltrin

Ricardo Feltrin é colunista do UOL desde 2004. Trabalhou por 21 anos no Grupo Folha, como repórter, editor e secretário de Redação, entre outros cargos.

Colunista do UOL

28/05/2018 14h49

O interesse da população nos desdobramentos da greve dos caminhoneiros fez o total de TVs ligadas disparar no último final de semana.

Todas as emissoras que se dispuseram a trocar sua programação normal pela cobertura do movimento viram seus índices de audiência crescerem.

Entre sexta e ontem, o total de aparelhos de TV ligados a Grande São Paulo subiu 12%, na comparação com o mesmo período nas 4 semanas anteriores.

No sábado, por exemplo, a Record trocou sua programação normal pelo jornalismo. Com isso marcou 9,2 pontos entre 7h e 0h --60% acima da média em pontos dos últimos 4 sábados, segundo dados consolidados da Kantar Ibope Media.

Cada ponto no ibope em SP vale por cerca de 72 mil domicílios sintonizados.

A participação da emissora no universo de TVs ligadas (share) também cresceu 42%

A Band foi a que mais cresceu proporcionalmente: 73% mais pontos de ibope no sábado, 83% no domingo. Programas como "Agora é Com Datena" mais que triplicaram sua audiência com a cobertura.

No sábado, a Globo também registrou um ganho em pontos (21%) e em share (7%).

Sem entrar de cabeça na cobertura, o SBT manteve sua programação matinal infantil e até registrou um crescimento mínimo em torno de 4% entre sexta e domingo. Em compensação perdeu cerca de 7% na participação no universo de TVs ligadas na região.

Na contramão, a RedeTV manteve a rotina, caiu e chegou a perder 20% de participação dentro das TVs ligadas no sábado.

Colunista no Twitter, no Facebook ou no site Ooops

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!