Topo

Coluna

Ricardo Feltrin

Maior ibope da Record no país, a Bahia volta a dar dor de cabeça à Globo

Divulgação
Os âncoras Zé Eduardo (Balanço Geral BA) e Jessica Smetak (Bahia No Ar), ambos da Record Bahia Imagem: Divulgação
Ricardo Feltrin

Ricardo Feltrin é colunista do UOL desde 2004. Trabalhou por 21 anos no Grupo Folha, como repórter, editor e secretário de Redação, entre outros cargos.

Colunista do UOL

07/06/2018 09h36

A Bahia é hoje uma das praças mais problemáticas da Globo no país em audiência.

Embora ainda lidere nas principais medições, a emissora da família Marinho tem uma grande e incômoda pedra no sapato por lá. A TV Itapoan (Record Bahia).

Para tentar reduzir o problema, a TV Bahia (Globo) promoveu mudanças nos últimos tempos para ganhar fôlego na região.

Entre as mudanças:

A emissora tirou uma das estrelas da Record local (a jornalista e ex-modelo Jessica Senra) e a colocou no “Bahia Meio-Dia” --para competir diretamente com o maior ibope da Itapoan, “Balanço Geral BA”;

Em Salvador a Globo encerra o programa “Encontro com Fátima” 10 minutos antes que no restante do Brasil, para que Jessica e o “Bahia Meio Dia” entre na mesma hora que o “Balanço Geral”;

A Globo lançou uma novela inteiramente rodada na Bahia (“Segundo Sol”)

A entrada de Jessica Senra foi auspiciosa e elevou o ibope da Globo em 25% na primeira semana, deixando o “Bahia Meio-Dia” na liderança.

Mas, demorou pouco e a Record já reagiu e voltou a atormentar a Globo.

Em primeiro lugar, a Itapoan-Record colocou outra Jessica, a Smetak, para substituir Senra no matinal “Bahia no Ar”. O telejornal continua líder, deixando a Globo em segundo..

O “Fala Brasil” e o “Hoje em Dia” também ou lideram a audiência ou ficam encostados na Globo.

MAIS QUE GLOBO E SBT JUNTOS 

Já entre 11h50 e 15h a coisa aperta: o “Balanço Geral BA” retomou a liderança esta semana, e a Globo voltou ao segundo lugar.

Na última segunda, por exemplo, o “Balanço” apresentado pelo “fenômeno” Zé Eduardo, o Bocão, chegou a 20,1 pontos e 40% de share na Grande Salvador.

Registrou mais que a Globo (12,8) e o SBT (6,4) somados, um fato raríssimo na TV aberta.

Bocão é hoje um fenômeno de audiência. É a maior audiência da Record não só na Bahia, mas em todo o Brasil. 

Enfim, para quem gosta de acompanhar a audiência da TV, a praça Bahia é sem dúvida o “campeonato” mais emocionante do Brasil.

Colunista no Twitter, no Facebook ou no site Ooops