Topo

Coluna

Ricardo Feltrin

Maior sucesso da década do SBT, Poliana perde fôlego no ibope em SP

false
Cena abordando racismo em "As Aventuras de Poliana"
Ricardo Feltrin

Ricardo Feltrin é colunista do UOL desde 2004. Trabalhou por 21 anos no Grupo Folha, como repórter, editor e secretário de Redação, entre outros cargos.

Colunista do UOL

19/10/2018 06h03

Em audiência, “As Aventuras de Poliana” é a novela infanto-juvenil de maior sucesso no SBT desde a última adaptação de “Carrossel” (2012).

No entanto, após mais de 100 capítulos começou a perder público em São Paulo --principal mercado da publicidade brasileira.

“Poliana”, adaptação de Íris Abravanel para a história teen do século passado escrita por Eleanor Porter, começou em maio com 14,6 pontos e 20% de share (ou seja 2 em cada 10 TVs ligadas na Grande SP estavam sintonizando a atração do SBT.

Em junho, chegou a crescer mais ainda com 15,2 pontos e 20,7% de share.

Desde então, começou a perder público (veja quadro abaixo). Cada ponto em SP vale por 72 mil domicílios.

Vale dizer que, diferentemente das novelas anteriores, o SBT fez “Poliana” imensa e pretende mantê-la no ar até 2020 (ou mais).

Mas a novela ainda é um sucesso nacional e tem o maior público da “era Íris Abravanel” na dramaturgia do SBT (ok, “Carinha de Anjo” não é dela, mas teve sua supervisão).

Poliana dá média de 12,2 pontos no PNT (onde cada ponto equivale a 240 mil domicílios).

A novela também registra dois dígitos de audiência na maioria das regiões metropolitanas mensuradas pela Kantar Ibope Media (é algo raro fora da Globo).

Somente no Rio, Porto Alegre e Florianópolis o índice fica abaixo de 10 pontos. Já em Goiânia é a maior, com média de 17,7 pontos de ibope.

Veja audiência e share de “As Aventuras de Poliana” em São Paulo

Maio/2018 - 14,6 pontos e 19,9%
Junho - 15,2 e 20,7%
Julho - 14,8 e 20,2%
Agosto - 14,5 e 19,7%
Setembro - 13,5 e 18,6%
Outubro* - 12,5 e 17,2%

* até 16/10; cada ponto = 72 mil domicílios

Veja audiência de “Poliana” e outras novelas infantis (em pontos), no país (PNT)

Comparação dos primeiros 110 capítulos*

Carrossel (2012) - 11,2 pontos
Chiquititas (2013) - 9,8 pontos
“Cúmplices de Um Resgate” (2015/2016)- 9,8 pontos
“Carinha de Anjo” (2016/2017) - 10,0 pontos
“Poliana” (2018) - 12,2 pontos

* Cada ponto no PNT equivale a 240 mil domicílios

LEIA MAIS

Com Patrícia grávida, Silvio estuda por Rebeca também no domingo

Nova gravidez de Patrícia "bagunça" grade dominical do SBT

Colunista no Twitter, no Facebook ou no site Ooops