Topo

Coluna

Ricardo Feltrin

Acordo com Disney pode ser última chance para a Band

Divulgação
Imagem: Divulgação
Ricardo Feltrin

Ricardo Feltrin é colunista do UOL desde 2004. Trabalhou por 21 anos no Grupo Folha, como repórter, editor e secretário de Redação, entre outros cargos.

Colunista do UOL

05/11/2018 10h23

Emissora aberta em pior situação financeira, a Band negocia uma parceria milionária com o Grupo Disney, que pode ser fechada (ou não) nos próximos dias.

Segundo fontes ouvidas pela coluna, o contrato prevê a cessão, pela Band, de até quatro horas diárias de sua programação à Disney.

A Band tem todo o interesse no acordo, mas a Disney está fazendo um raio-X da emissora antes de assiná-lo.

Um outro empecilho para a Band é que a RedeTV! também está interessada em fazer negócios com a Disney e manteve conversações com o grupo norte-americano nos últimos meses, desde que a Disney deixou o SBT.

Essa pode ser a última chance de salvação financeira para a Band, que há anos está na mira das agências de classificação.

A Band tem um elevado endividamento (ninguém sabe ao certo, exceto a família Saad) e chegou a ter sua nota rebaixada no ano passado pela agência Fitch.

Essa nota é uma espécie de “diagnóstico médico” de uma pessoa jurídica.

A Fitch apontou que, no ano passado, a Band já funcionava em estado de prejuízo constante. Ou seja, que pagava para ser operacional.

A situação se agravou este ano com o mercado publicitário ainda mais retraído devido às eleições.

Para piorar veio a má notícia de que a Igreja Universal não quer mais alugar horários na grade da emissora.

Pior: a intenção da Universal é deixar também o canal 21 (do Grupo Band), hoje arrendado pela igreja.

Em 2014, o Grupo Band chegou a vender antenas de transmissão de rádio e TV, por R$ 100 milhões.

Já naquela data a Band já tinha uma dívida estimada em R$ 500 milhões.

Há muita tensão nos corredores da casa desde a semana passada. A Band acabou com programas como o “Superpoderosas” e o “Cozinha do Bork”. Outros programas também correm risco.

LEIA MAIS:

Negociação com Disney causa choro e incerteza na Band

Após três anos, Disney e SBT encerram parceria de programação

Colunista no Twitter, no Facebook ou no site Ooops