Topo

Coluna

Ricardo Feltrin


Reviravolta: SBT escala Léo Dias para cobrir seis dias de Carnaval

Felipe Panfili/Reprodução/Instagram
Léo Dias vai lançar biografia de Anita no final de março Imagem: Felipe Panfili/Reprodução/Instagram
Ricardo Feltrin

Ricardo Feltrin é colunista do UOL desde 2004. Trabalhou por 21 anos no Grupo Folha, como repórter, editor e secretário de Redação, entre outros cargos.

Colunista do UOL

2019-02-23T15:03:36

23/02/2019 15h03

Cerca de oito horas após esta coluna publicar que o SBT "pouparia" Léo Dias da cobertura do Carnaval este ano, como precaução para que ele --um adicto em cocaína-- não corresse risco de sofrer uma nova recaída, tudo mudou na emissora de Silvio Santos.

Léo agora foi escalado para cobrir a festa não só em Salvador, onde chega na sexta-feira para inaugurar os estúdios do SBT Folia (a propósito, que nome criativo, hein?). Na própria sexta ele já embarca para São Paulo, onde fica até sábado trabalhando no Carnaval paulistano.

Veja também:

Para protegê-lo de drogas, SBT tira Léo Dias do Carnaval (atualizada)

Léo Dias recai em vício e se afasta do "Fofocalizando"

Jornalista lança biografia de Anitta no final de março

Domingo e segunda o jornalista (que também escreve no jornal "O Dia") estará no Rio, para fazer o desfile das escolas do grupo Especial. 

Na terça, embarca de volta a Salvador, na cobertura ao vivo; quarta-feira estará mais uma vez em São Paulo.

A coluna está tentando apurar o que causou a reviravolta que em 12 horas recolocou Léo na cobertura do Carnaval. Há várias possibilidades:

1 - Possível pressão comercial para que ele participe, uma vez que é uma estrela da casa importante e o SBT renovou o contrato comercial com os organizadores do Carnaval em Salvador este ano.

2 - Outra possibilidade é que o próprio Léo tenha aceitado cobrir como forma de mostrar que tem toda capacidade de trabalhar e de não recair nas drogas.

3 - Lembrando que ele é contratado pelo SBT especificamente para o "Fofocalizando". Caso quisesse recusar o trabalho extra, teria esse direito. Mas, pelo jeito, ele não foge de responsabilidades e nem de trabalho.

VAI E VOLTA

Não é a primeira vez que o SBT anuncia recua em uma decisão envolvendo Léo Dias, que teve problemas tão sérios com cocaína que chegou a faltar tantas vezes, e a se afastar do "Fofocalizando", que cogitou-se sua demissão. Silvio barrou. 

Em sua última recaída, no começo do mês, que causou seu afastamento do vespertino de fofocas, o SBT primeiro deu apoio moral, mas depois agiu de forma muito contestável:

programou para exibir dois dias depois, uma segunda-feira, a reprise do "Conexão Repórter" que Roberto Cabrini fez com Léo Dias, a respeito de sua luta contra o vício.

Após o site Notícias da TV e esta coluna publicarem a decisão da emissora (que nada mais seria que explorar comercialmente sua doença), o SBT cancelou a reprise.

Veja também:

Notícias da TV: SBT explora recaída de Léo Dias e reprisa Cabrini

Na hora agá, SBT desiste de reprisar "Conexão Repórter" com Léo Dias

Colunista Ricardo Feltrin no TwitterFacebook e site Ooops