Topo

Coluna

Ricardo Feltrin


Globo adiou Gentil e Angélica após pesquisas com telespectadores

Fernanda Gentil e Angélica terão de esperar antes de ter seus programas solo na Globo -
Fernanda Gentil e Angélica terão de esperar antes de ter seus programas solo na Globo
Ricardo Feltrin

Ricardo Feltrin é colunista do UOL desde 2004. Trabalhou por 21 anos no Grupo Folha, como repórter, editor e secretário de Redação, entre outros cargos.

Colunista do UOL

05/04/2019 08h19

Novos programas com Fernanda Gentil e Angélica estavam previstos para entrar no ar este ano na Globo, mas a emissora preferiu adiá-los mesmo sem realizar nem sequer pilotos com ambos.

Ou seja, a emissora não chegou a gravar testes com as apresentadoras, com cenários e plateia (ambos programas tinham previsão de plateia).

Por quê?

Porque a emissora preferiu ouvir a voz nada rouca das ruas em pesquisas internas de opinião, a se arriscar neste momento com novos produtos de resultado duvidoso..

Segundo a coluna apurou, as pesquisas internas mostraram desinteresse à sugestão dos formatos apresentados pela Globo. E também uma certa rejeição às apresentadoras neste momento.

Dentro da emissora comentários são de que a Globo teria apostado demais em Gentil antes de realizar qualquer pesquisa, e que isso pode ter sido um erro.

Outro erro foi a emissora crer que a ex-apresentadora do "Esporte Espetacular", conhecida por ser comunicativa, bonita, simpática --e também "lacradora" nas redes sociais--, faria sucesso num programa solo.

Aparentemente o público ouvido pela TV Globo apontou muitas dúvidas se ela seria, de fato, uma boa atração solo --seja matinal ou vespertina.

Com Angélica, no entanto, houve outros problemas também: a nova atração com ela, segundo a coluna apurou, já havia sido aprovada pela direção da casa.

No entanto a Globo optou em adiá-la, pois vive um momento de transição, de corte de custos e de queda nos resultados. Também está no momento investindo em sua nova formatação como empresa, que vai açambarcar todo o grupo: TV, Globosat e gravadora..

A verdade é que a Globo está optando em não se arriscar com programas novos numa grade que já está perdendo público nos últimos anos --especialmente nas manhãs e tardes.

Em 2019, a Globo deve mudar muito menos do que ela própria e os telespectadores esperavam. Mas, quem sabe, em 2020 as novidades reapareçam.

Ricardo Feltrin no Twitter, Facebook e site Ooops