Topo

Coluna

Ricardo Feltrin


Autor pede perícia em texto de novela do SBT, mas Justiça devolve ação

Ricardo Feltrin

Ricardo Feltrin é colunista do UOL desde 2004. Trabalhou por 21 anos no Grupo Folha, como repórter, editor e secretário de Redação, entre outros cargos.

Colunista do UOL

08/04/2019 06h57Atualizada em 14/08/2019 16h45

O escritor Junior Antonio da Silva, de Goiás, iniciou uma ação contra o SBT. Na ação ele pede uma averiguação e perícia entre textos de sua autoria e o roteiro da novela infanto-juvenil "As Aventuras de Poliana".

Diferentemente do texto anterior (publicado em 8 de abril), o processo não faz nenhuma acusação de plágio ou apropriação intelectual, nem contra Íris Abravanel, autora da novela em andamento, e nem contra o SBT.

A ação é uma solicitação de "antecipação de provas", uma avaliação comparativa e independente, para definir se há de fato semelhanças entre os textos dele e de Íris. No entanto, a Justiça já devolveu a ação duas vezes.

Íris, mulher de Silvio Santos, é autora da novela, que é baseada em um clássico inglês do início do século passado, da escritora Eleanor Porter. O SBT nega qualquer semelhança entre os textos (leia mais abaixo).

Junior da Silva afirma ter registrado em cartório em 19 de novembro de 2016 a autoria de um roteiro de telenovela chamado "Bailando com os Bambinos".

No dia seguinte, ele teria enviado o roteiro para o SBT e guardou o comprovante de envio pelo correio bem como a acusação de recebimento por parte da emissora. O SBT nega ter recebido esse documento (leia mais abaixo).

Assim como a novela do SBT, o roteiro de Junior Silva também aborda o mundo infantil de crianças que querem ser artistas, e convivem em uma escola de canto e dança, entre outras similaridades.

Na ação, a Defensoria Pública, que defende os interesses do autor goiano, ressalta que a trama do SBT é de fato inspirada nos livros de Porter, "mas incorpora em sua composição diversas histórias novas, estranhas à obra (original)."

São algumas dessas histórias que o goiano quer que passem por perícia.

Junior Silva, que é da cidade de Trindade, iniciou o processo na Justiça de Goiás, mas um juiz avaliou que a competência da ação deveria ser da Comarca de São Paulo.

Em fevereiro, um juiz de São Paulo devolveu o processo para Goiás alegando que a competência não era de São Paulo, e sim da comarca de origem do processo.

Outro lado

Procurado, por meio de sua assessoria de imprensa o SBT negou que "As Aventuras de Poliana" tenha qualquer relação com o roteiro enviado pelo autor da ação.

Segundo a assessoria, a novela tem como fio condutor as famosas e reconhecidas obras de Eleanor Porter. A emissora nega ter recebido o manuscrito de Junior Silva.

Errata: o texto foi atualizado
Diferentemente do que informou a versão inicial deste texto, não houve acusação de "plágio" contra o SBT. O que houve, isso sim, foi uma solicitação de "antecipação de provas" --uma avaliação comparativa e independente para definir se há de fato semelhanças entre os textos do autor da ação e o da novela do SBT.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL