Topo

Coluna

Ricardo Feltrin


Proibição de Silvio a "hashtags" revolta artistas e produções do SBT

O apresentador Silvio Santos cismou e proibiu o uso de "hashtags" no SBT - Lourival Ribeiro/SBT
O apresentador Silvio Santos cismou e proibiu o uso de "hashtags" no SBT Imagem: Lourival Ribeiro/SBT
Ricardo Feltrin

Ricardo Feltrin é colunista do UOL desde 2004. Trabalhou por 21 anos no Grupo Folha, como repórter, editor e secretário de Redação, entre outros cargos.

Colunista do UOL

24/05/2019 00h09

Em mais uma de suas ações intempestivas e inexplicadas, como o colunista Flavio Ricco antecipou, Silvio Santos decretou que não só os apresentadores, mas também os programas do SBT --todos-- não podem mais divulgar "hashtags" no vídeo.

Isso acontecia com a maioria: "Primeiro Impacto", "Fofocalizando", "Casos de Família, "As Aventuras de Poliana", "The Noite" e até o "Programa da Maisa", cujo público-alvo é justamente o mesmo que segue a apresentadora na internet.

A coluna passou os últimos dias ouvindo fontes para tentar saber a motivação dessa proibição. "Acho que Silvio não gosta de nada do que ele não entende", disse uma fonte sob anonimato.

Embora a culpa da proibição seja atribuída a um vacilo de Marcão do Povo, Silvio já andava cismado ao ver algumas "hashtags" no alto da tela em vários programas da casa.

Então ele perguntou a alguém o que significava. Aparentemente, não entendeu e decidiu proibir.

Ele está repetindo agora sempre que pode aos executivos da emissora: "Todos estão aqui para fazer TV, e não divulgar internet".

SBT é sucesso na internet

O rompante do dono do SBT vai na contramão do que sua emissora está se tornando na internet --em especial, no YouTube: uma relativa potência.

Se somados, seus muitos canais na plataforma de vídeo têm mais de 20 milhões de inscritos.

Só "As Aventuras de Poliana" tem quase 5 milhões de seguidores. Estreado recentemente, o canal do "Programa da Maisa" já tem quase 300 mil.

A ordem é para os artistas também não postarem "hashtags" com seus nomes.

Isso deve afetar diretamente o bolso de algumas estrelas da casa que estavam usando as "hashtags", e não o próprio perfil ou conta, para faturar com "merchandising".

O clima do SBT é de consternação. Alguns apresentadores estão tentando fazer Silvio mudar de ideia. Como isso (mudança de ideia) é praxe no SBT (e na cabeça de Silvio), ainda resta uma esperança.

Apenas para didatismo, seu Silvio: "hashtag" é uma ferramenta de indexação de assuntos específicos. Com o uso do símbolo "jogo da velha" à frente de uma palavra qualquer, cria-se uma organização, categoriza-se automaticamente qualquer tema (ou programa, ou apresentador ou emissora de TV, enfim, tudo).

Ricardo Feltrin no Twitter, Facebook e site Ooops