Topo

Coluna

Ricardo Feltrin


Record deixa SBT abrir vantagem no ibope aos sábados

Ib esfaqueia Queila na novela "Jezabel", da Record - Divulgação/ Record TV
Ib esfaqueia Queila na novela "Jezabel", da Record Imagem: Divulgação/ Record TV
Ricardo Feltrin

Ricardo Feltrin é colunista do UOL desde 2004. Trabalhou por 21 anos no Grupo Folha, como repórter, editor e secretário de Redação, entre outros cargos.

Colunista do UOL

27/07/2019 07h02

Sábado é definitivamente um dia que está fazendo diferença na briga de audiência entre a Record e o SBT. Diferença positiva para o SBT e negativa para a Record

Dados de audiência obtidos pela coluna mostram que aos sábados o SBT se tornou vice-líder isolado e com certa folga sobre a Record, na TV aberta. Só fica atrás da Globo.

No último sábado, por exemplo, na chamada faixa comercial (7h à 0h), o SBT fechou com média de 6,3 pontos, contra 4,3 da Record. Cada ponto na região equivale a cerca de 73 mil domicílios sintonizados.

Se contabilizarmos também a madrugada de sábado, quando a Record aluga a grade para a Igreja Universal, a diferença é ainda maior.

A Record, porém, tem investido em jornalismo ao vivo nesse dia: de 7h à 0h exibe mais de 9 horas de telejornais de diversos estilos (Como o "Fala Brasil" e o "Cidade Alerta"), contra apenas 45 minutos do SBT.

Porém, em outros conteúdos, o investimento é quase zero: reprises, compactos de novelas, e seriados enlatados norte-americanos.

A última vez que a Record derrotou o SBT num sábado foi no dia 25 de janeiro, quando ocorreu o rompimento da barragem de Brumadinho (MG), responsabilidade da empresa Vale do rio Doce.

A diferença entre ambas nem é tão grande, na maioria das vezes fica pouco acima de 1 ponto no ibope. A expectativa é que com os Jogos Pan-Americanos, a Record ao menos incomode a TV de Silvio Santos.

Ricardo Feltrin no Twitter, Facebook e site Ooops

Ricardo Feltrin