Topo

Coluna

Ricardo Feltrin


Canais Discovery batem recorde histórico de consumo no país

Macaco olha robô-câmera no seriado "Espiões da Natureza", no Animal Planet - Divulgação/Discovery Channel
Macaco olha robô-câmera no seriado "Espiões da Natureza", no Animal Planet Imagem: Divulgação/Discovery Channel
Ricardo Feltrin

Ricardo Feltrin é colunista do UOL desde 2004. Trabalhou por 21 anos no Grupo Folha, como repórter, editor e secretário de Redação, entre outros cargos.

Colunista do UOL

15/08/2019 12h51

O número de assinantes de TV paga está desabando no Brasil, como esta coluna vem informando nos últimos anos, mas quem continua pagando pacotes parece valorizar cada vez mais esse caro lazer residencial.

Dados da Kantar Ibope Media em 2019 mostram que os canais do Grupo Discovery, por exemplo, estão festejando recordes de audiência e de tempo de permanência de telespectadores diante da tela (o chamado "time spent").

Os oito canais do grupo (Discovery Channel, Kids, Turbo, Animal Planet, Home&Health, TLC, Food Network e ID) bateram o recorde histórico de tempo de permanência dos assinantes: 84 minutos por dia em média é o tempo que as pessoas passam diante deles.

Discovery, Home & Health, Animal Planet e TLC tiveram o melhor semestre da história.

O Animal Planet cresceu 17% em relação ao primeiro semestre do ano passado. O TLC, cerca de 25%. À frente do TLC está outro canal do grupo, o Home & Health, do sucesso "Irmãos À Obra" (que estarão em São Paulo na próxima quarta e quinta).

Já o Food Network, que entrou no ar no começo de 2018, já cresceu cerca de 50%..

No público infantil, o Discovery Kids nada de braçadas não só nesse segmento, mas em toda a TV paga: é o mais visto da TV por assinatura do país, e também o mais visualizado no YouTube entre a garotada.

"Em um cenário de oferta fragmentada de entretenimento e informação, o conteúdo de qualidade mostra um interesse crescente junto ao público", comemora Monica Pimentel, vice-presidente de Conteúdo da Discovery do Brasil.

"Ano após ano temos demonstrado isso, conseguindo fatias crescentes de audiência com histórias e personagens reais e inspiradores", afirma. Monica está no grupo desde 2013. Antes disso foi superintendente artística da RedeTV.

Ricardo Feltrin no Twitter, Facebook e site Ooops