Topo

Coluna

Ricardo Feltrin


RedeTV e Endemol fazem parceria com "Encrenca"; trupe teve aumento

Tatola Godas, Marcelo de Carvalho, Juliana Algañaraz (Endemol) e Dennys Motta  - Divulgação/REdeTV
Tatola Godas, Marcelo de Carvalho, Juliana Algañaraz (Endemol) e Dennys Motta Imagem: Divulgação/REdeTV
Ricardo Feltrin

Ricardo Feltrin é colunista do UOL desde 2004. Trabalhou por 21 anos no Grupo Folha, como repórter, editor e secretário de Redação, entre outros cargos.

Colunista do UOL

16/09/2019 14h22

Foi assinada na manhã desta segunda-feira um acordo de parceria entre a RedeTV, a produtora Endemol e a equipe do humorístico "Encrenca", segundo esta coluna.

As negociações já havia sido antecipadas na semana passada pelo site "Notícias da TV".

Dias depois de sofrerem assédio pesado para mudarem para a Band, os integrantes do grupo decidiram ficar onde estão.

O contrato deles só vence em 2022, mas a Band disse que estava disposta a pagar a multa (cerca de R$ 3 milhões).

Tatola e Cia. chegaram a ter reuniões com emissários da Band, mas desistiram. Não foi a primeira vez que a Band avançou sobre o elenco da RedeTV: em 2012 ela aproveitou um momento de crise na concorrente para tirar de lá o "Pânico" (que saiu do ar em 2017).

Apesar da proposta considerada atraente, os humoristas (e radialistas) decidiram prestigiar Marcelo de Carvalho, vice-presidente da RedeTV, que os lançou na TV, e em Amilcare Dallevo, o presidente da emissora.

Maior audiência da RedeTV, lançado há cinco anos, o "Encrenca" e seus integrantes saem do episódio fortalecidos e mais valorizados.

Fortalecidos porque, a partir de agora, o humorístico será adaptado e expandido para outras plataformas pelas mãos da Endemol, uma das melhores e mais experientes produtoras do mundo.

A Endemol também vai cuidar da adaptação do formato ser eventualmente vendido em outros países.

Saem também valorizados porque a trupe recebeu um reajuste nos ganhos em plena vigência de contrato.

Ricardo Feltrin no Twitter, Facebook e site Ooops

Ricardo Feltrin