Topo

Coluna

Ricardo Feltrin


"Se Joga" perde para "Vídeo Show" no ibope; 30% do público tem mais de 60

Érico Brás, Fabiana Karla e Fernanda Gentil "viram" Fofão, Xuxa e Emília no Se Joga - Reprodução/TV Globo
Érico Brás, Fabiana Karla e Fernanda Gentil "viram" Fofão, Xuxa e Emília no Se Joga Imagem: Reprodução/TV Globo
Ricardo Feltrin

Ricardo Feltrin é colunista do UOL desde 2004. Trabalhou por 21 anos no Grupo Folha, como repórter, editor e secretário de Redação, entre outros cargos.

Colunista do UOL

16/10/2019 10h53

Ainda é cedo para conclusões finais, mas o novo vespertino "Se Joga", da Globo, segundo esta coluna apurou, está registrando índices de audiência menores que seu antecessor, o finado "Vídeo Show".

Na comparação entre os derradeiros dias do "VS" (27/12/18 a 11/01/19) e este começo do "Se Joga" (30/09 a 14/10/19) os dados mostram que o novo programa está em segundo lugar em pelo menos 13 das 15 regiões metropolitanas mensuradas pela Kantar Ibope Media.

A Record é líder em quase todos no horário (14h20 às 15h20)

O "Vídeo Show" ainda tem cerca de 10% a mais de audiência que a nova atração comandada por Fernanda Gentil, Fabiana Karla e Érico Brás, que até agora amarga o segundo lugar no ranking, atrás da Record .

Em seus estertores, o "Vídeo Show" acabou com 10,8 pontos de média no Painel Nacional de Televisão, contra 9,7 pontos do "Se Joga". Cada ponto no PNT vale por cerca de 254 mil domicílios sintonizados.

Outras curiosidades sobre o novo vespertino da Globo, cujo objetivo também era atrair jovens: ao menos 30% de seu público tem mais de 60 anos de idade.

63% dos telespectadores do game da Globo são mulheres. 54% pertencem às classes AB e C2.

Ricardo Feltrin no Twitter, Facebook e site Ooops

Ricardo Feltrin