Topo

Coluna

Ricardo Feltrin


TV paga: Filme conta história de atriz pornô que queria namorar sério

À dir. a atriz Lis, do filme "Sonho de Consumo", que conta a história de atriz pornô que queria namorar sério - Sexy Hot
À dir. a atriz Lis, do filme "Sonho de Consumo", que conta a história de atriz pornô que queria namorar sério Imagem: Sexy Hot
Ricardo Feltrin

Ricardo Feltrin é colunista do UOL desde 2004. Trabalhou por 21 anos no Grupo Folha, como repórter, editor e secretário de Redação, entre outros cargos.

Colunista do UOL

23/11/2019 00h09

O canal erótico Sexy Hot (Globosat) lança à 0h01 deste domingo um filme com trama diferente do que o público está acostumado a ver no cinema adulto: filme com temática.

"Sonho de Consumo" conta a história de Patrícia, uma famosíssima atriz pornô que faz muito sucesso no meio, adora seu trabalho e o faz com bastante profissionalismo.

No entanto, por trás dessa lasciva atriz está uma mulher carente que só queria ter um relacionamento sério e ser amada.

O filme acompanha a rotina profissional de Patrícia (interpretada pela atriz Lis) e também em seus momentos de lazer.

Patrícia tenta se divertir nas noites livres e tenta principalmente engatar um relacionamento sério. Ela já saiu com vários homens, mas eles "evaporam" quando descobrem qual é sua profissão.

A maioria dos homens não entende que se trata de apenas de um trabalho para ela e que, como atriz, ela não possui qualquer vínculo amoroso com o parceiro de cena.

O filme é mais uma produção exclusiva da Sexy Hot com uma pegada, digamos, mais voltada para problemas e dramas humanos.

Recentemente o canal lançou outro filme cuja trama envolvia um personagem (homem) machista e com comportamento egoísta e "tóxico".

Criada em 2017 e com o objetivo incentivar a produção nacional, a Sexy Hot Produções já lançou 40 títulos diferenciados.

"Sonho de Consumo" é proibido para menores de 18 anos e estará disponível a partir da 0h01 para assinantes do canal ou do site Sexy Hot, e para compra avulsa pela plataforma Now.

Ricardo Feltrin no Twitter, Facebook e site Ooops

Ricardo Feltrin