PUBLICIDADE
Topo

TV paga: Seriado mostra "causos" sexuais que acabaram no hospital

Cena de "Ai, Ai, Ai do Sexo", que estreia no canal pago TLC no dia 7 - Divulgação
Cena de "Ai, Ai, Ai do Sexo", que estreia no canal pago TLC no dia 7
Imagem: Divulgação
Ricardo Feltrin

Ricardo Feltrin é colunista do UOL desde 2004. Trabalhou por 21 anos no Grupo Folha, como repórter, editor e secretário de Redação, entre outros cargos.

Colunista do UOL

02/01/2020 10h08

Estreia no próximo dia 7, no canal pago TLC, a série tragicômica "Ai, Ai, Ai do Sexo" ("Sex Sent Me To The ER").

Em cada capítulo o programa conta três casos em que as relações ou atos sexuais quase terminaram em tragédia. São casos estranhíssimos.

Divertida, a produção faz uso de dramatizações e depoimentos dos envolvidos.

Logo no primeiro episódio o telespectador fica sabendo que é consenso entre médicos que atendem em pronto-socorros: quase sempre que um paciente dá entrada ao PS e tenta esconder o motivo do acidente, a causa foi sexual.

Por exemplo, o caso de Tony, que misteriosamente caiu pelado do terceiro andar de um prédio e insiste com os médicos e enfermeiros que perdera o equilíbrio enquanto estava limpando as janelas do apartamento.

Ou então a história de Liz, uma mulher que sofreu um raro caso de orgasmo ininterrupto por três horas e acaba dando entrada no hospital gemendo de prazer e chorando de constrangimento, ao lado do marido.

Outro caso é o de um homem que ficou paralisado após um orgasmo também.

Alguns episódios já foram exibidos no passado no Discovery Channel, mas dessa vez o TLC promete exibir os 54 capítulos das duas temporadas (a última foi em 2016).

Programa: "Ai, Ai, Ai do Sexo"
Canal: TLC
Quando: Dia 7 (terça)
Horário: 20h30
Classificação etária: 14 anos
Avaliação: Ótimo

Ricardo Feltrin no Twitter, Facebook e site Ooops

Ricardo Feltrin