PUBLICIDADE
Topo

"JH" perde 20% do público em SP e tem menor participação nas TVs ligadas

Maria Júlia Coutinho, a Maju, no "Jornal Hoje"  - Divulgação/TV Globo
Maria Júlia Coutinho, a Maju, no "Jornal Hoje" Imagem: Divulgação/TV Globo
Ricardo Feltrin

Ricardo Feltrin é colunista do UOL desde 2004. Trabalhou por 21 anos no Grupo Folha, como repórter, editor e secretário de Redação, entre outros cargos.

Colunista do UOL

16/01/2020 13h50

Resumo da notícia

  • Telejornal perde participação no conjunto de TVs ligadas
  • No entanto, "JH" ainda é líder de audiência no país
  • Após a chegada de Maju, ibope do telejornal caiu 6%

Em tempos de ibope em queda na TV aberta, o "Jornal Hoje" (Globo) não tem do que reclamar. Mas também nada a comemorar.

Dados de audiência obtidos com exclusividade pela coluna mostram que desde o final da década passada o telejornal vespertino da Globo, líder de audiência nacional, vem perdendo participação no universo de TVs ligadas na Grande São Paulo (o chamado "share").

São Paulo é a praça-termômetro e a mais cara para a publicidade nacional.

Em 2009, por exemplo, o "JH" registrava 32,9% de share na região, segundo dados da Kantar Ibope Media.

Usando outras palavras, naquele ano quase 33 em cada 100 aparelhos de TV ligados em SP sintonizavam o telejornal da Globo.

No ano passado essa média de participação caiu para 26,3% (26 em cada 100 TVs). É o menor share já registrado na história do telejornal vespertino da Globo.

Em pontos, em SP, no ano passado, o "JH" marcou 11,7, contra 12,2 pontos em 2018. Cada ponto nessa medição vale por cerca de 73 mil domicílios.

PNT

Apesar disso o produto segue sendo líder de audiência no Painel Nacional de Televisão, que é a média de audiência nas 15 principais regiões metropolitanas do país.

Nessa medição, onde cada ponto vale por 254 mil domicílios, o "JH" atingiu 13,5 pontos no ano passado. Caiu meio ponto em relação a 2018.

Em duas capitais ele fica em segundo lugar de ponta a ponta: Salvador e Goiânia (perde para a Record).

Para efeitos de comparação, o auge de audiência do "Jornal Hoje" em São Paulo foi em 2003, quando registrou 42,1% de share (42 em cada 100 TVs).

Maju Coutinho

Desde 30 de setembro do ano passado, quando a direção da Globo trocou Sandra Annenberg por Maju Coutinho como âncora do vespertino, a audiência caiu 6% também em São Paulo.

O ano passado foi turbulento para o telejornal, que perdeu primeiro Dony De Nuccio, depois Annenberg e por fim até mesmo sua histórica bancada: ele passou a ser apresentado em pé por Maju.

Veja ano a ano o índice de ibope em pontos e share (%) do Jornal Hoje em SP

2009 - 12,3 pontos e 32,9%
2010 - 12,4 e 32,2%
2011 - 11,6 e 30,9%
2012 - 10,3 e 30,1%
2013 - 11,0 e 30,9%
2014 - 10,5 e 28,1%
2015 - 11,0 e 27,1%
2016 - 11,9 e 27,3%
2017 - 12,6 e 27,7%
2018 - 12,2 e 27,4%
2019 - 11,7 e 26,3%

Fonte: Dados consolidados mensurados pela Kantar Ibope Media e obtidos pela coluna junto a fontes nas emissoras.

Ricardo Feltrin no Twitter, Facebook e site Ooops

Ricardo Feltrin