PUBLICIDADE
Topo

Ibope: Estreia do "Fora de Hora" foi melhor que a de "Tá no Ar"

Equioe do "Fora de Hora", da Globo; à frente, Paulo Vieira e Renata Gaspar - Divulgação/TV Globo
Equioe do "Fora de Hora", da Globo; à frente, Paulo Vieira e Renata Gaspar Imagem: Divulgação/TV Globo
Ricardo Feltrin

Ricardo Feltrin é colunista do UOL desde 2004. Trabalhou por 21 anos no Grupo Folha, como repórter, editor e secretário de Redação, entre outros cargos.

Colunista do UOL

26/01/2020 00h18

Comparativamente, em termos de ibope, a estreia do novo humorístico da Globo, "Fora de Hora", na semana passada, foi bem melhor que a estreia do "Tá No Ar", seis anos atrás.

Dados de audiência mensurada pela Kantar Ibope Media na Grande São Paulo, obtidos por esta coluna, mostram que o "Fora de Hora" estreou na última terça com 13,3 pontos de média na região —considerada a mais importante e termômetro do mercado publicitário.

No dia 10 de abril de 2014 estreava o "Tá no Ar", de Marcelo Adnet, com um ibope bem menor: 10.4 pontos (cada ponto hoje equivale a cerca de 74,5 mil domicílios sintonizados.

Mesmo assim o "Tá no Ar" se tornou um dos produtos mais bem-sucedidos da Globo nos últimos anos, tendo seis temporadas.

Em share (participação no universo de TVs ligados), "Fora de Hora", apresentador por Paulo Vieira e Renata Gaspar, tem índice menor que todas as estreias de temporadas do "Tá no Ar".

O humorístico estreou sob forte tensão após artistas da emissora terem acusado o coordenador do departamento de Humor da Globo, Marcius Melhem, de assédio moral, segundo o colunista Leo Dias, do UOL.

Por causa do clima tenso, a Globo nem sequer fez a famosa "festa de lançamento" para o programa.

Veja abaixo como ficou a estreia de cada temporada dos humorísticos da Globo desde 2014.

Em pontos de ibope e share (Grande São Paulo)

2014 - Tá no Ar - 10,4 pontos e 27,9%
2015 - Tá no Ar - 13,9 pontos e 25,9%
2016 - Tá no Ar - 14,1 pontos e 26,3%
2017 - Tá no Ar - 16,5 pontos e 27,1%
2018 - Tá no Ar - 15,2 pontos e 27,8%
2019 - Tá no Ar - 13,3 pontos e 26,9%
2020 - Fora de Hora - 13,3 pontos e 25,2%

Fonte: Dados da Kantar Ibope obtidos pela coluna junto a fontes nas emissoras

Ricardo Feltrin no Twitter, Facebook e site Ooops

Ricardo Feltrin