PUBLICIDADE
Topo

Coluna

Ricardo Feltrin


Ibope: Estreia do "Alerta Nacional" dá 1,1 ponto à RedeTV

Sikera Jr em chamada do Alerta Nacional, da RedeTV! - reprodução
Sikera Jr em chamada do Alerta Nacional, da RedeTV! Imagem: reprodução
Ricardo Feltrin

Ricardo Feltrin é colunista do UOL desde 2004. Trabalhou por 21 anos no Grupo Folha, como repórter, editor e secretário de Redação, entre outros cargos.

Colunista do UOL

28/01/2020 20h25

O programa "Alerta Nacional", apresentado por Sikêra Jr., estreou nesta terça-feira (28) na RedeTV.

Policialesco e sanguinolento como os telejornais congêneres do horário na TV aberta, fechou o primeiro dia com média de 1,1 ponto, segundo dados prèvios de audiência, obtidos pela coluna.

Para os padrões da RedeTV, nada foi mal. Além disso o "Alerta Nacional" recebeu o horário do programa (horário comprado) da Igreja Universal. Recebeu com 0,1 ponto.

Em menos de 10 minutos Sikêra elevou o índice a 1,0 ponto, e entregou 1h30 depois para o telejornal (sério) "RedeTV News" com 1,7 ponto.

Os dados são mensurados em tempo real pela Kantar ibope Media e distribuídos às emissoras. Cada ponto em São Paulo em 2020 equivale a cerca de 74,5 mil domicílios.

O ibope consolidado só será divulgado pela Kantar às TVs na manhã desta quinta-feira (29).

Para efeitos de comparação, no mesmo horário o programa de fofocas "Tricotando" levou quase um ano para atingir 1 ponto de média.

Na estreia, o novo produto da RedeTV cobriu casos policiais como depredação de um ônibus cujo motorista atropelou um idoso; o tráfico em festa religiosa em Goiás; e ao menos dois incidentes medonhos: o do namorado que ateou fogo à namorada e um vídeo mostrando um homem e um adolescente espancando um morador de rua.

Sobre esse último Sikéra já soltou uma de suas famosas frases circenses: "Isso é maconha no rabo".

José Sikêra Barros Júnior, 52 anos, reproduz em São Paulo o mesmo estilo de programa que apresenta na TV A Crítica, do Amazonas —o "Alerta Amazonas".

Ele já fez uma participação no cinema: como o diretor Nogueira no filme "Exterminadores do Além Contra a Loira no Banheiro", de Danilo Gentili.

Bolsonarista assumido, o apresentador estreou com apoio e "publicidade" dos filhos de Bolsonaro, que fizeram o possível para impulsionar a estreia do "amigo" em suas redes sociais.

Ricardo Feltrin no Twitter, Facebook e site Ooops

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Ricardo Feltrin