PUBLICIDADE
Topo

Coluna

Ricardo Feltrin


Ameaçado por colega e afastado por twitter, colunista deixa RedeTV

Os colunistas Felipeh Campos e Guilherme Beraldo, do "A Tarde é Sua" - Reprodução/Instagram
Os colunistas Felipeh Campos e Guilherme Beraldo, do "A Tarde é Sua" Imagem: Reprodução/Instagram
Ricardo Feltrin

Ricardo Feltrin é colunista do UOL desde 2004. Trabalhou por 21 anos no Grupo Folha, como repórter, editor e secretário de Redação, entre outros cargos.

Colunista do UOL

11/02/2020 10h08

Resumo da notícia

  • Colunista Beraldo diz ter sido ameaçado por Felipeh Campos
  • Campos, por sua vez, nega tudo e se diz vítima de armação
  • Desavença começou após vazamento de áudio que tratava de atraso de salários
  • Os dois foram afastados por meio de um tuíte de Elias Abrão, dono da Câmera 5
  • Beraldo registrou BO contra Felipeh e diz que tomara medidas judiciais cabíveis

O colunista e jornalista Guilherme Beraldo se desligou oficialmente do programa "A Tarde é Sua", da RedeTV.

Em nota oficial preparada em conjunto com seu advogado, ele tomou a medida após alegar ter sido ameaçado por outro colunista da atração, Felipeh Campos.

Beraldo também se sentiu humilhado ao ser afastado (com Felipeh) compulsória e publicamente do programa por meio de um tweet postado por Elias Abrão, irmão da apresentadora Sônia Abrão e dono da produtora Câmera 5, que produz a atração da RedeTV.

Beraldo afirma ter sido ameaçado na semana passada por Campos e registrou Boletim de Ocorrência.

Campos, por sua vez, alega ter sido vítima de uma "armação".

Nenhum dos dois participou do programa de ontem.

Anteontem, Felipeh postou vários vídeos na internet na qual atacou não apenas a Beraldo, mas também a este colunista (com palavras que não valem a pena repetir).

"Devido aos últimos acontecimentos resolvi afastar do "A Tarde é Sua" os colunistas Felipeh Campos e Guilherme Beraldo até que as coisas sejam esclarecidas", postou Elias no sábado, após a notícia da ameaça ter sido publicada nesta coluna.

Na última quinta, a coluna já havia publicado trechos do conteúdo de um áudio captado na Câmera 5, no qual Margareth, irmã de Elias e Sônia, informa que os salários iriam atrasar. A coluna tem a íntegra do áudio.

Na internet, Felipeh Campos foi apontado como suposto autor do vazamento. Ele negou, mas ameaçou Beraldo porque considerou que foi o colega quem o culpou pelo vazamento.

De acordo com Beraldo, durante a ameaça sofrida Felipeh teria dito que em breve lhe mandaria "uma coroa de flores".

Ele afirma ainda que, havia meses o colega já demonstrava desapreço, inclusive fazendo caretas jocosas no ar sempre que ele aparecia na tela.

Nos bastidores e para outros colegas, diz Beraldo, Campos o criticava chamando-o de pobre, gordo e que "nem roupa para se vestir adequadamente na TV" ele tinha.

Ao contrário dos outros integrantes do "A Tarde é Sua", Beraldo não recebia nada para participar do programa. Era considerado um "colaborador".

Leiam a íntegra da nota do colunista demissionário.

"Sobre o episódio vivenciado, quero deixar claro que, não compactuando com a decisão da direção, não tenho mais condições de continuar a exercer minhas atividades habituais no "A Tarde é Sua" com a dedicação e o entusiasmo exigidos.

O que não é fácil, pois também sofro de depressão.

O meu trabalho é o que me dá forças para levantar e me reinventar a cada manhã.

Em muitos dias, meu ânimo consiste apenas em cumprir as pautas diárias do meu site ("Aqui Tem Fofoca") e do programa.

Por vezes, após o término do trabalho, eu voltava ao meu isolamento cotidiano, continuando minha rotina de pouco contato com outras pessoas.

Entretanto, nunca importunei ninguém com isso. Tão pouco levei essa situação a vocês. Só o faço agora por pura necessidade.

Os últimos episódios contribuem de forma mais acentuada a essa minha postura.

Está me forçando a também deixar de lado, momentaneamente, o meu trabalho no "Aqui tem Fofoca". Ou seja, o prejuízo é todo meu.

Devido às ameças e ofensas sofridas, tomarei todas as medidas com apoio de meu advogado. Tudp isso será feito pelos meios legais e judiciais --pelas injúrias cometidas contra mim pelo jornalista.

Lamento ter sido negada a possibilidade de continuar com meu trabalho nesta instituição.

Também achei muito constrangedor ter sido comunicado através de uma nota pelo Twitter que estava afastado do programa (do qual não recebo e nunca recebi nenhum pagamento).

Creio que este fato poderia ter sido feito de forma pessoal, ética e discreta. E. por que não dizer, de forma mais digna.

Não há clima para trabalhar novamente com o jornalista que me ofendeu publicamente nas redes sociais, em vídeo amplamente divulgado por diversos sites.

Minha dignidade é maior que qualquer oportunidade profissional.

Espero que entendam meus motivos, Guilherme Beraldo"

Outro lado

A coluna procurou Elias Abrão, questionando-o se iria se manifestar sobre a nota do ex-colaborador. Até o momento desta publicação, não houve resposta.

A coluna também procurou a assessoria da RedeTV, mas ninguém se manifestou até o momento.

Ricardo Feltrin no Twitter, e site Ooops

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Ricardo Feltrin