PUBLICIDADE
Topo

TV paga fecha canais, mas deixa notícias e infantis abertos até dia 31

"O Show de Tom e Jerry", do Cartoon; canal continua com sinal aberto até o dia 31 - Reprodução/YouTube
"O Show de Tom e Jerry", do Cartoon; canal continua com sinal aberto até o dia 31 Imagem: Reprodução/YouTube
Ricardo Feltrin

Ricardo Feltrin é colunista do UOL desde 2004. Trabalhou por 21 anos no Grupo Folha, como repórter, editor e secretário de Redação, entre outros cargos.

Colunista do UOL

13/05/2020 00h09

Quando o assinante de um pacote básico da TV paga acordar nesta quarta (13) descobrirá que os sinais de boa parte dos canais que estavam liberados para todos desde meados de março —início da quarentena social causada pela pandemia de coronavírus—, fecharam.

Por causa do agravamento do contágio e prolongamento do distanciamento social, as operadoras mantiveram os sinais abertos para degustação por um tempo recorde. Só que agora o "petisco" acabou.

A maioria dos sinais de portfólios como os dos canais ESPN, Discovery (exceto Kids), e de filmes e séries, já está fechada.

Eles voltaram a ser restritos apenas aos respectivos pacotes de seus assinantes.

Em compensação as operadoras decidiram manter liberados os sinais de todos os canais de notícias e os infantis até o próximo dia 31.

Então seguem liberados por mais 18 dias: GloboNews, CNN Brasil, Bandnews, Bloomberg, RecordNews e CNN Internacional.

O mesmo vale para Discovery Kids, Cartoon Network, Gloob, NatGeo Kids, Disney, Disney Jr., Disney XD, Nickelodeon. Nick Jr., Tooncast, ZooMoo, TV Rá Tim Bum, Boomerang e Baby TV.

Canais premium como HBO e Telecine já haviam deixado o "pool" de livre acesso no início do mês passado.

Ricardo Feltrin no Twitter, Facebook, Instagram e site Ooops

Ricardo Feltrin