PUBLICIDADE
Topo

Triturando derruba ibope do SBT ainda mais e pode até sair do ar

Lívia Andrade e Mara Maravilha foram afastadas do "Triturando", do SBT - Montagem/Reprodução/SBT
Lívia Andrade e Mara Maravilha foram afastadas do "Triturando", do SBT Imagem: Montagem/Reprodução/SBT
Ricardo Feltrin

Ricardo Feltrin é colunista do UOL desde 2004. Trabalhou por 21 anos no Grupo Folha, como repórter, editor e secretário de Redação, entre outros cargos.

Colunista do UOL

15/05/2020 09h54

Resumo da notícia

  • Programa vespertino está afundando audiência do SBT
  • Desde que surgiu há 4 anos, SIlvio não para de mexer na atração
  • Agora sacou Mara e Lívia, e vai incluir Flor e Ana Paula Renault
  • Clima no SBT é horrível, pois teme-se que o programa saia do ar

Depois de na estreia da última sexta-feira ter dado apenas apenas 3,8 pontos de audiência na Grande SP, ontem o programa "Triturando" continuou caindo. Ontem deu 3,6 pontos, segundo dados prévios de audiência na região. Em certos momentos chegou a 2,8 pontos.

Cada ponto equivale a cerca de 75 mil domicílios.

O "Triturando" é uma adaptação piorada de outro programa ("Fofocalizando") que também nunca deu certo no ibope. O original falava de famosos, mas chegou até a ter horóscopo.

O atual é um "game" musical esdrúxulo, que também fala de fofocas (pergunta: por que mudou de nome, então?).

Depois de mudar o nome na última sexta, durante a semana o telespectador voltou a ser surpreendido com a exclusão de duas apresentadoras (que já vivem ao sabor da tradicional ciclotimia do "patrão"): Mara Maravilha e Lívia Andrade.

Silvio disse que estava farto de Mara Maravilha —"ela quer aparecer demais"— e também de Lívia ("anda muito apática").

A verdade é que, após ser afastada por causa de uma "fake news", foi prometido a Lívia que, nesta volta, ela revezaria com Chris Flores na apresentação do programa. Isso não aconteceu e ela desanimou.

No lugar das duas chamou a eterna jurada Flor e a ex-BBB Ana Paula Renault.

Ana Paula não foi ideia de Silvio, mas da direção da emissora (nota: se dependesse só do dono do SBT provavelmente ele chamaria Carlinhos Aguiar ou outro de seus "protegidos").

As duas estreiam hoje, mas nenhuma está garantida: estão em "teste".

A nova atração (sic) criada por Silvio Santos piorou ainda mais as coisas: está na quarta colocação, apanhando feio da Band, e já com a RedeTV fungando em seu cangote —algo inacreditável meses atrás.

O "Triturando" também ajudou a derrubar toda a audiência subsequente do SBT.

Por via das dúvidas todo mundo já sabe o que pode acontecer em breve: o programa sair do ar e em seu lugar entrar "Chaves" ou "A Usurpadora".

Como esta coluna publicou na semana passada, o clima nos bastidores do "Triturando" é de absoluto pânico, já que muita gente teme ser demitida caso o programa termine.

Era só o que faltava: depois de ter o salário reduzido, por causa da pandemia de coronavírus, ir para a rua.

Ricardo Feltrin no Twitter, Facebook, Instagram e site Ooops

Ricardo Feltrin