PUBLICIDADE
Topo

Maisa chega aos 18 como ícone e festeja com 'live do bem'

A apresentadora e "prima" Maisa Silva faz 18 anos amanhã - Reprodução/Instagram Maisa Silva
A apresentadora e "prima" Maisa Silva faz 18 anos amanhã Imagem: Reprodução/Instagram Maisa Silva
Ricardo Feltrin

Ricardo Feltrin é colunista do UOL desde 2004. Trabalhou por 21 anos no Grupo Folha, como repórter, editor e secretário de Redação, entre outros cargos.

Colunista do UOL

21/05/2020 00h18

A "ex-menina" Maisa da Silva Andrade até cresceu (um pouquinho) desde que surgiu na TV em 2005, quando tinha apenas 3 anos.

Pois ela completa, amanhã, 18 anos, como apresentadora realizada e ícone de mais de uma geração: não só a própria, mas a de pais e avós de seus telespectadores também.

Para marcar a data em pleno confinamento devido à pandemia de coronavírus, Maisa vai fazer uma festa transmitida ao vivo em seu canal no YouTube.

"E aí, primos! Essa semana é minha 'live' de 18 anos, minha festa. Vai ser uma 'live' beneficente super-legal", diz a apresentadora do SBT em uma "chamada" para o evento em suas redes sociais.

Durante a "live", que começa às 19h, os fãs poderão fazer doações para a AACD. Várias empresas estão declarando publicamente que apoiarão a 'live'.

Nascida no ABC paulista, Maisa foi descoberta por Raul Gil em 2005, num programa na RecordTV.

Dois anos depois já estava contratada pelo SBT como apresentadora mirim.

Logo passou a fazer participações —algumas antológicas, outras polêmicas— no "Programa Silvio Santos".

Desde então nunca mais deixou o SBT, onde hoje apresenta um programa aos sábados, com seu nome, e a mídia em geral.

Simpática, engraçada, modesta e bastante acessível aos fãs, a garota se tornou também um fenômeno (lucrativo) nas redes sociais.

Tem quase 32 milhões de seguidores no Instagram, 8 milhões de seguidores no Twitter e 8,2 milhões na página oficial no Facebook.

Ricardo Feltrin no Twitter, Facebook, Instagram e site Ooops

Ricardo Feltrin