PUBLICIDADE
Topo

Após pandemia, Xuxa planeja "pendurar as botas" como cantora

Xuxa Meneghel apresentando o programa "The Four Brasil", na Record - Reprodução / Internet
Xuxa Meneghel apresentando o programa "The Four Brasil", na Record Imagem: Reprodução / Internet
Ricardo Feltrin

Ricardo Feltrin é colunista do UOL desde 2004. Trabalhou por 21 anos no Grupo Folha, como repórter, editor e secretário de Redação, entre outros cargos.

Colunista do UOL

04/06/2020 00h09

Quem assistiu, parabéns. Quem nunca viu, porém, ainda terá mais algumas possibilidades de assistir ao megaespetáculo Xuxa Xou, com a eterna rainha dos baixinhos e hoje apresentadora da Record.

Xuxa Meneghel já decidiu que, por mais gratificante que seja, vai encerrar a carreira de cantora para baixinhos.

Aos 57 anos, ela acredita que essa era já ficou para trás que não vale a pena insistir nela —por mais lucrativa que seja.

Antes da pandemia causada pelo coronavírus, o "Xuxa Xou" estava rodando o país e com lotações esgotadas por todas as cidades que passava.

No entanto, nem só de lucro vive uma artista: as turnês são caríssimas, trabalhosas e ela já está cansada disso.

A turnê foi interrompida na quarentena, mas deve ser retomada assim que a doença esmorecer.

Ainda há muitas datas marcadas e, segundo a assessoria de Xuxa, serão cumpridas.

Além disso, agora que empresários ficarão sabendo que "Xuxa Xou" pode ser a última das turnês da rainha, talvez ela ainda ganhe uma sobrevida.

Mas, a verdade, é que a era Xuxa para Baixinhos está chegando ao fim. A apresentadora vai se dedicar cada vez mais à TV e menos à música.

Ricardo Feltrin no Twitter, Facebook, Instagram e site Ooops

Ricardo Feltrin