PUBLICIDADE
Topo

"Eu sou o viagra dele", diz mulher de Stênio Garcia

Ana Cora Lima

Do UOL, no Rio

01/10/2015 16h42Atualizada em 02/10/2015 00h27

Stênio Garcia e a mulher dele, Marilene Saade, prestaram depoimento nesta quinta-feira (1º), na Delegacia de Repressão a Crimes de Informática, em Benfica, no Rio de Janeiro e declararam aos jornalistas que vão continuar até o fim para descobrir quem vazou as fotos do casal nu.

Marilene parece que superou o susto e, bem-humorada, elogiou o porte físico do marido, que está com 83 anos. “Ele não precisa de remédio, eu sou o viagra dele”, afirmou. Stênio concordou com a mulher: “Eu não preciso de viagra, até porque me faz mal”.

O casal esteve na delegacia acompanhado de três advogados e uma assessora de imprensa. Marilene disse que o casal se tornou “porta-voz de crimes cibernéticos” e que não vai acusar ninguém sem provas.

“Somos adultos, mas fiquei muito abalada. O Stênio é mais calejado e me deu apoio. Minha mãe passou até mal. Envolve terceiros e as pessoas precisam parar com isso. Uma coisa é certa: ninguém é mais anônimo”, concluiu.

O depoimento do casal durou três horas e meia. O inquérito foi aberto e corre em sigilo. "Não posso falar mais sobre esse assunto nem com meu pai nem com a minha mãe. Eu espero que a gente encontre os responsáveis e que esses culpados sejam punidos de alguma forma. As nossas fotos foram vazadas e isso não tem mais retorno", disse Marilene na saída da delegacia.

Stênio e Marilene tiveram fotos vazadas na internet na noite de terça. Nas imagens, o casal aparece posando nu em frente a um espelho. Marilene chegou a classificar o incidente como "crime bárbaro".

“A gente não se arrepende de ter feito a foto. Nós fizemos porque vamos ter que aparecer nus profissionalmente no teatro. Foi uma verificação. Se eu tiver que fazer uma brincadeira com a minha mulher, eu faço. Já apareci nu na televisão, no teatro, no cinema. Sem problema nenhum. Uma das minhas filhas veio e me disse: ‘Pai, você está bonitinho”, disse o ator.

Stênio citou as brincadeiras que fizeram em torno do episódio. “Estou levando tudo na esportiva. Já brincaram de ‘Carga Pelada’”, citou, aos risos, em referência ao seriado “Carga Pesada” em que o ator interpretou Bino ao lado de Antônio Fagundes, que viveu o Pedro.

O celular de Marilene passou por uma loja de assistência técnica, que pode ser a responsável pelo vazamento das fotos íntimas do ator. A polícia investiga o caso.