Topo

TV e Famosos

"Totalmente Demais" terá história de superação com atleta paralímpico

Reprodução/Facebook/cabelin2dm
O ator Juan Paiva, do Nós do Morro, será Wesley em "Totalmente Demais" Imagem: Reprodução/Facebook/cabelin2dm

Giselle de Almeida

Do UOL, no Rio

07/10/2015 15h54

Assim como em "Babilônia", que mostrou o caso de um paraplégico que virava um nadador de sucesso, "Totalmente Demais", a próxima novela das 19h, vai mostrar uma história de superação por meio do esporte. Wesley, vivido pelo ator do grupo Nós do Morro Juan Paiva, será um atleta paralímpico. 

"A dramaturgia pode fazer essa construção de recuperar valores, dialogar com a sociedade. Ela tem esse poder. O Wesley sofre um acidente no auge, no momento de deslanchar na carreira de atleta, e ele vai ter que dar a volta por cima, vai se redescobrir. A gente nem pensou nisso, mas acho que vai causar um forte impacto, a novela vai estar no ar na época das Paralimpíadas, e o Brasil hoje é uma potência", afirma Paulo Halm, que escreve a novela junto com Rosane Svartman.

Segundo a dupla, a preocupação não é a de fazer merchandising social, mas a de contar uma história. Eles citam o exemplo de Lucrécia, personagem vivida por Helena Fernandes que sofria de câncer de mama em "Malhação: Sonhos", como um exemplo. 

"A gente não escreve pensando nisso. Mas somos humanos, tem coisas que nos tocam. E é claro que a gente, quando escreve, tem essa responsabilidade. Mas quando essas histórias fazem parte da trama, esses temas transversais surgem, são trabalhados pela equipe. Em 'Malhação', descobrimos depois muitas discussões que surgiram com a novela, e a gente nem imaginava que tinha gerado essa repercussão", explica Rosane.

A recepção, aliás, é algo que escapa das mãos dos autores nas mais variadas situações. "Novela é uma coisa social, as pessoas veem, discutem, para além do que a gente escreve. Até em relação aos casais, o público se apropria deles. Éramos linchados quase diariamente, xingados de tudo quanto é nome (risos). As pessoas se sensibilizam com questões reais", explica Paulo. 

Na trama, o jovem, irmão de Jonatas (Felipe Simas), tem o sonho de ser jogador de futebol, mas é descoberto e treinado pelo técnico Montanha, papel de Toni Garrido, que vê no garoto uma promessa. De acordo com os escritores, a escolha do esporte, pouco visto em novelas, não foi por acaso. "No começo, a gente queria fazer sobre basquete, mas o atletismo é um esporte de ascensão social, que o Brasil ainda tem muito que crescer", diz Rosane.

Newsletters

Mauricio Stycer traz análises exclusivas sobre TV e Famosos.

Quero receber

Mais TV e Famosos