Topo

TV e Famosos


"Pai só será revelado na metade da novela", diz autor de "A Regra do Jogo"

Paulo Pacheco

Do UOL, em São Paulo

09/10/2015 15h34

Um dos grandes mistérios de "A Regra do Jogo", a identidade do Pai, líder da facção criminosa, vai demorar para ser mostrada na novela das nove da Globo. Segundo o autor João Emanuel Carneiro, os telespectadores descobrirão quem é o Pai apenas no meio da trama.

Quem você acha que é o Pai da facção criminosa de "A Regra do Jogo"?

Resultado parcial

Total de 7246 votos
37,62%
2,98%
31,22%
28,18%
Total de 7246 votos

"A identidade do Pai deverá ser revelada mais ou menos na metade da novela", antecipa João Emanuel Carneiro ao UOL. Pai é responsável por coordenar e orquestrar todos os crimes. Nenhum integrante da organização (os chamados "irmãos") conhece a verdadeira identidade de seu líder, exceto o Tio (Jackson Antunes), segundo membro mais importante da facção.

Segundo João Emanuel Carneiro, a hierarquia da facção, baseada em graus de parentesco, é bastante rígida: "O líder da facção é chamado de Pai, abaixo dele está o Tio. Há uma diretoria, composta por alguns poucos integrantes, de confiança. E todos os membros se tratam como irmãos. Todos obedecem seus superiores imediatos".

Até agora, o público não sabe nem se o Pai é homem ou mulher. Nas redes sociais, telespectadores apostam em Zé Maria (Tony Ramos), que voltou para a facção após 20 anos fugindo da polícia, Ascânio (Tonico Pereira), ex-colega de Romero Rômulo (Alexandre Nero), o magnata Gibson (José de Abreu) e até Adisabeba (Susana Vieira), que teve uma relação misteriosa com Zé Maria no passado e começará um romance com ele nos próximos capítulos, conforme revelou a atriz.

"Orlando, por causa de sua posição social e seu cargo em uma indústria importante, é um dos membros da diretoria. Ele tem papel de destaque no planejamento das ações. Mas também é capaz de ir para a 'linha de frente', já vimos isso. Mas ele desconhece a identidade do Pai. Já Zé Maria ficou afastado da facção e agora está de volta. Zé Maria teve um papel muito importante no início das atividades da facção e sua volta será decisiva para os rumos da organização", explica o novelista.

Mais TV e Famosos