PUBLICIDADE
Topo

Segunda audição do "The Voice" tem volta por cima de candidata rejeitada

Do UOL, em São Paulo

09/10/2015 00h45

Em 2014, na terceira temporada do “The Voice Brasil”, a mineira Franciele Karen, de 17 anos, não conseguiu convencer nenhum dos jurados ao cantar a música “She Wolf”, de David Guetta, e acabou ficando fora da competição. Quase um ano depois, ela voltou ao reality e deu a volta por cima.

Na noite desta quinta-feira (8), após cantar a canção “Real Love”, de Clean Bandit com Jess Glynne, Franciele viu os mesmos jurados que não viraram a cadeira no ano passado - com exceção de Michel Teló, que ainda não fazia parte do programa - apertarem o botão vermelho e ‘brigarem’ por ela.

“Não faltou afinação e potência na sua voz. A capacidade de tornar a música sua estava toda lá”, elogiou Lulu. “Eu fui o primeiro a virar. Acreditei em você desde o primeiro segundo. Acho que você deveria me escolher”, brincou Teló. “Sua entonação me chamou a atenção. Você consegue levar as notas para o nasal e fazer com que a música brilhe. Acho que isso combina muito com o meu time. Você não quer me escolher? Eu quero você”, disse Carlinhos.

Coincidência ou não, Franciele escolheu Michel Teló, o único que não fazia parte do time de jurados da terceira edição do reality.

Outra candidata que chamou a atenção dos jurados foi a também mineira Thaís Moreira. Primeira a se apresentar na segunda audição do reality, ela impressionou os técnicos ao cantar a música “Masterpiece”.

“Meu Deus. Ela tem uma voz incrível que vai fazer parte do meu time”, brincou Michel Teló. "Uma das vozes mais surpreendentes do programa. Eu também quero ela", disse Carlinhos Brown. “Gente, que voz incrível. Eu proponho que a gente lute por ela”, ironizou Lulu Santos, simulando uma luta de capoeira com os outros três jurados.

Após agradecer os cantores, Thaís acabou escolhendo Lulu Santos, alegando ser fã do músico.

Audições às cegas
As audições às cegas acontecem durante os programas de todo mês de outubro e os técnicos precisam escolher, cada um, 12 vozes por time. Nos dias 5 e 12 de novembro começam as batalhas, nas quais os competidores do próprio time se enfrentam em duetos e os técnicos escolhem quem continua na disputa.

No programa que vai ao ar no dia 19 de novembro, a Rodada de Fogo permite que cada técnico escolha três candidatos de seu time para passá-los direto para a próxima etapa. Os shows ao vivo acontecem nos dias 26 de novembro, 3 e 10 de dezembro.

A semifinal será no dia 18 de dezembro, com oito candidatos - mas apenas um de cada time vai para a final. A melhor voz do Brasil será escolhida na final, que acontece no Natal, dia 25/12.