Topo

TV e Famosos

Juliana Paes vive primeira vilã em "Totalmente Demais": "Ela é ardilosa"

Giselle de Almeida e Ana Cora Lima

Do UOL, no Rio

20/10/2015 14h04

Ardilosa é a palavra que Juliana Paes usa para definir Carolina, sua personagem na próxima novela das sete, "Totalmente Demais". Primeira vilã da atriz em novelas, a grande antagonista da trama é dona de uma revista feminina que mostra seu lado mais negativo com a chegada de Eliza (Marina Ruy Barbosa).

"Eu não diria que ela é uma vilã como as pessoas costumam chamar. Ela não está interessada em matar ninguém. Ela não é politicamente correta, está longe de ser a mocinha. É uma mulher ardilosa, tem um código de ética bastante elástico, se tiver que passar alguém para trás, ela passa. É egocentrada. Não mede esforços pra conseguir o que quer. Mas que vilã começa uma novela querendo engravidar? Ela é uma mulher de verdade, quer uma família", analisa a atriz, durante o lançamento da novela, nesta terça-feira (20), no Projac, no Rio.

Segundo Juliana, a personagem só coloca as garras de fora quando se sente ameaçada, já que Arthur (Fábio Assunção), o homem que considera ideal para ser o pai de seu filho, se encanta por Eliza (Marina Ruy Barbosa), uma menina do interior que o dono da agência de modelos Excalibur conhece na rua.

"O grande foco da Carolina é um pai, e esse pai ela acha que já tem. Eles têm um relacionamento que vai e vem, é essa pessoa que você tem na sua vida sempre", conta.

Principal conflito da personagem, que é bem-sucedida na profissão, a vontade de ser mãe é o único ponto comum que a atriz vê com a editora.

"Ela é muito diferente de mim, eu sou muito cordial, ela não faz esforço pra agradar ninguém. Já esse desejo pela maternidade eu tive muito fortemente. Não sei se é toda mulher que tem, mas acho que a grande maioria anseia por esse momento ou cogitou essa possibilidade. Algumas amigas optaram por não ter filhos, mas esse é um drama contemporâneo, moderno", analisa.

O drama de Juliana, no entanto, é conciliar a rotina de gravações com a dedicação aos filhos, Pedro e Antônio. Na viagem que fez com parte da equipe para rodar cenas dos primeiros capítulos na Austrália, ficou com o coração apertado ao ficar longe dos pequenos, mas preferiu mergulhar integralmente no projeto.

"Nossa vida é essa correria, todo mundo acha que é glamour, mas a gente fica angustiada. Hoje quase atrasei porque o Antônio acordou e queria ficar no meu colo. Mas é isso, a gente deixa de colar um cílio e vai, alguma coisa fica no meio do caminho, está tudo certo. Às vezes bate culpa, sim, quando não consigo compensar. Quando trabalho um dia 12 horas, no outro vou buscar na escola, boto pra dormir", conta ela, que, por enquanto, não tem planos de aumentar a família.

Escrita por Rosane Svartman e Paulo Halm, a novela substitui "I Love Paraisópolis" a partir do dia 9 de novembro. O principal triângulo amoroso da trama tem como pano de fundo o universo da moda, ambientado na redação da revista feminina "Totalmente Demais".

"É um romance, que tem um pouco de drama, muito humor e poesia. Queremos mostrar a possibilidade de transformação, o desejo de mudar", conta Rosane.

Mais TV e Famosos