TV e Famosos

Sem data de estreia, gravações da novela "Escrava Mãe" terminam em novembro

Do UOL, em São Paulo

13/11/2015 18h18

Sem previsão para estrear na Record, a novela “Escrava Mãe” termina gravações em novembro.  No Polo Cinematográfico de Paulínia, as últimas cenas serão gravadas neste sábado (14), enquanto que na cidade cenográfica, em uma fazenda em Santa Gertrudes - ambas no interior de São Paulo – a previsão é que encerrem em duas semanas.

As primeiras chamadas de “Escrava Mãe” já estão sendo veiculadas na emissora, que a promete para o início de 2016.

Apresentada inicialmente como substituta de "Os Dez Mandamentos", a novela tinha a difícil tarefa de manter o sucesso de audiência de sua antecessora, mas a Record preferiu manter tramas religiosas para não perder o fiel telespectador. "Escrava Mãe" deve inaugurar o segundo horário de novelas da Record.

História da mãe da Escrava Isaura

"Escrava Mãe" vai contar a história de Juliana, mãe da escrava Isaura – que deu origem ao nome da novela homônima da obra de Bernardo Guimarães estrelada por Lucélia Santos, em 1976, e vendida para vários países. A Record fez o remake da novela em 2004.

Juliana é filha de Luena (interpretada pela ex-Globeleza Nayara Justino), e fruto de um estupro. Durante viagem no navio negreiro que trouxe africanos da região de Angola para o Brasil, Luena foi estuprada pelo traficante de escravos Osório (Jayme Periard). Ao chegar ao país, ela consegue escapar, morre, e Juliana acaba virando escrava da família de Custódio (Antonio Petrin). A menina foi criada com as filhas do coronel e virou mucama de Teresa (Roberta Gualda) e perseguida de Maria Isabel (Thais Fersoza), que por ter ciúme e inveja dela, sempre a odiou.

Juliana se apaixona por Miguel (vivido pelo ator português Pedro Carvalho), o mocinho da história. Ele chega à Vila de São Salvador (cidade fictícia) em busca de novas oportunidades e desperta a atenção das mulheres da cidade, como Maria Isabel. Eles se casam por interesses, mas ele se apaixona por Juliana. E Maria Isabel desenvolve uma obsessão pelo marido e pela escrava.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Topo