PUBLICIDADE
Topo

Mulher de Evaristo Costa recebe alta após três AVCs: "Mais forte que nunca"

Evaristo Costa e a mulher, Amália Stringhini - Arquivo pessoal
Evaristo Costa e a mulher, Amália Stringhini Imagem: Arquivo pessoal

Do UOL, em São Paulo

08/12/2015 16h41

Mulher do jornalista Evaristo Costa, Amália Stringhini voltou a trabalhar após sofrer três AVCs (Acidente Vascular Cerebral). Ela ficou internada durante quinze dias no hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, e recebeu alta na última quinta-feira (3), sem nenhuma sequela dos derrames.

"Estou de volta! Agora mais forte do que nunca!", comemorou Amália ao UOL. A mulher de Evaristo Costa, que trabalha como assessora de comunicação, celebrou o retorno para casa e aos projetos sociais: "É tudo que preciso para valorizar ainda mais a vida".

Amália deu entrada no hospital em 18 de novembro, quando sentiu tontura e confusão mental ao biscar as filhas na escola. Mesmo sem nenhum problema de saúde aos 38 anos, ela teve uma sequência de AVCs (também conhecido como derrame).

A mulher de Evaristo saiu rapidamente da UTI (Unidade de Terapia Intensiva), porém ficou em repouso e sob observação médica até a última quinta. Amália retomou os trabalhos e voltou a liderar a campanha pela abertura de um parque em Paraisópolis, favela da zona sul de São Paulo.