TV e Famosos

Ex-"CQC", Oscar Filho será "amigo misterioso" de Adnet na Globo

Caiuá Franco/TV Globo
Marcelo Adnet, Marcius Melhem e Oscar Filho em "Tá no Ar", humorístico da Globo Imagem: Caiuá Franco/TV Globo

Paulo Pacheco

Do UOL, em São Paulo

07/01/2016 12h58

Ex-repórter do "CQC", Oscar Filho voltará à TV na Rede Globo, um ano depois de sair do programa da Band. O humorista fará uma participação na terceira temporada de "Tá no Ar", que estreia no próximo dia 19, após o "BBB16".

O humorista vai interpretar Fabinho, amigo e sócio "misterioso" do empresário Tony Karlakian (Marcelo Adnet) no quadro "Balada Vip", sátira ao apresentador Amaury Jr. O personagem é "misterioso" porque era citado constantemente por Adnet nas outras duas temporadas do programa, porém nunca foi mostrado na TV

No quadro, que faz piada da elite de São Paulo, Tony e Fabinho apresentarão ideias para as casas noturnas e até um presídio de luxo para ricos. "Sou um cara coxinha da alta sociedade paulistana, que usa pulôver", brincou Oscar Filho em entrevista ao UOL.

Convidado pela produção do "Tá no Ar", o humorista acredita que foi indicado por Marcius Melhem, redator do programa e intérprete de Rick Matarazzo em "Balada Vip". Embora tenha recebido um roteiro, teve de improvisar por causa de Adnet.

"Mesmo que eu não quisesse, eu tive que improvisar porque o Adnet ficava mudando o texto. Acho que ele não sabia e improvisou até chegar ao texto que ele tinha decorado", entrega.

Oscar Filho lamenta ter gravado apenas um quadro em "Tá no Ar", um dos poucos programas que vê na TV: "Uma pena, porque é um programa de que gosto. Faz tempo que não assisto televisão, mas todas as coisas do 'Tá no Ar' que eu vi achei bem legais".

Fora da TV

Dispensado pela Band no final de 2014, Oscar Filho peregrinou por emissoras em entrevistas e pequenas aparições após deixar o "CQC", em que foi repórter e apresentador durante sete anos. O humorista revela ter recebido propostas para voltar à televisão, porém nenhuma o atraiu.

"Tive convites, mas eram coisas muito parecidas com o que fazia no 'CQC'. Queria desvincular um pouco essa imagem", afirma. "Não tenho vontade de estar na televisão, aparecer por aparecer. Queria fazer algo legal", completa. O humorista segue no stand-up comedy e voltará com o espetáculo "Putz Grill" a partir do próximo sábado (9), no Teatro Gazeta, onde se apresenta há nove anos.

Oscar é o quarto ex-"CQC" a aparecer na Globo. Além dele, Monica Iozzi, Dani Calabresa e Felipe Andreoli estão na emissora. O humorista ainda conversa com os ex-colegas e admite o lamento de todos pelo fim do humorístico. Apesar de ter sido dispensado pela Band, guarda boas lembranças do programa.

"A sensação geral que ficou foi de dever cumprido, de que a gente fez o que podia. As pessoas acharam a decisão ruim, porque gostavam do projeto. Sempre fomos reconhecidos por isso, fomos revolucionários. Tenho incríveis recordações", avalia.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais TV e Famosos

Topo