Topo

Filmes e séries

Após campanha, canal corta perguntas sexistas a mulheres no Globo de Ouro

Do UOL

11/01/2016 00h09

Após uma campanha iniciada na temporada de premiações de 2015, os apresentadores das transmissões no tapete vermelho do Globo de Ouro 2016 provaram ser capazes de fazer perguntas mais inteligentes às mulheres do que apenas falar sobre seus vestidos e rituais de beleza.

Jornalistas de programas como o "Live From the Red Carpet", do E!, conseguiram ir além da superficialidade neste domingo (10) e pareceram ter prestado atenção na campanha que estrelas como Reese Witherspoon iniciaram há um ano com a hashtag #AskHerMore (pergunte mais a ela, na tradução livre).

Os apresentadores Ryan Secrest e Giuliana Rancic deixaram a tradicional pergunta "o que você está vestindo?" para o final das entrevistas, e muitas vezes até deixaram de fazê-la.

Jennifer Lawrence, por exemplo, falou somente das mulheres que a inspiraram a personagem empreendedora de "Joy: O Nome do Sucesso", enquanto Laverne Cox passou todo o tempo da entrevista falando sobre a incrível diversidade da série "Orange Is the New Black".

O site TheWrap questionou o E! se houve orientação para que as perguntas fugissem dos assuntos de moda e beleza, mas o canal não comentou.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!