TV e Famosos

"Maior loucura de gravar em SP é apagar pichação", diz diretor da Globo

Do UOL, em São Paulo

16/01/2016 16h19

Jorge Fernando, diretor de "Êta Mundo Bom", nova novela das seis da Globo, afirmou em entrevista exibida na tarde deste sábado (16) que o maior desafio da equipe ao gravar em São Paulo foi ter que apagar "ar-condicionados e pichações", tão comuns na paisagem do Centro da cidade dos anos 2000, mas inexistentes nos anos 1940, época em que a história da trama é narrada.

"A maior loucura de se gravar em São Paulo é ter que apagar o ar-condicionado, pichação e todos os monumentos. A gente gravou no Viaduto do Chá e Teatro Municipal", relatou Fernando, em entrevista ao "Jornal Hoje", da TV Globo. "Quando a gente não tinha cenário, eu fiz tudo o que eu podia fora. Ficou pronto uma cidade, gravamos. Ficou pronta outra, gravamos. Tudo agora é dentro do Projac", completou.

Escrita por Walcyr Carrasco, a nova novela das seis que estreia na próxima segunda relata uma história caipira que se passa no interior e na capital paulista, no final dos anos 40, inspirada no filme "Candinho", estrelado por Mazzaroppi.

A TV Globo reproduziu a São Paulo dos anos 1940 em uma cidade cenográfica de 7.200 m² no Projac, complexo de estúdios da emissora localizado em Jacarepaguá, bairro da zona Oeste do Rio. "É um desafio muito grande, tenho que concordar. Porque a gente tenta fazer uma microcosmos de São Paulo, aqui, em pequenos sets", definiu o cenógrafo José Cláudio Ferreira.

"Êta Mundo Bom!", conta com um humor caipira e uma mensagem de otimismo passada muitas vezes pelo protagonista Candinho (Sérgio Guizé), moço do interior que procura sempre enxergar um lado bom da vida.

"Quis trazer novamente as raízes, o humor, a ingenuidade e os valores desta época", explicou Carrasco, em entrevista ao UOL.

Candinho foi separado da mãe logo depois que nasceu e foi acolhido pelo casal Cunegundes (Elizabeth Savalla) e Quinzinho (Ary Fontoura), donos de uma fazenda, no interior de São Paulo. Já adulto, ele vive como empregado da casa e é expulso após se apaixonar pela primogênita, Filomena (Débora Nascimento).

Após sucesso com "Verdades Secretas" na faixa das onze, o autor Walcyr Carrasco volta à faixa de horário que o consagrou com uma história que tem um pouco de si mesmo.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais TV e Famosos

Topo