TV e Famosos

"Sempre quis ser ator", revela Nego do Borel sobre sucesso em "Malhação"

Divulgação/Globo
Nego do Borel como Cleiton em "Malhação: Seu Lugar no Mundo" Imagem: Divulgação/Globo

Ana Cora Lima

Do UOL, no Rio

21/01/2016 14h21

Não, ele não deixou a música. Nego do Borel continua sendo um dos nomes mais populares no mundo do funk, mas desde que estreou em “Malhação: Seu lugar no Mundo” há três meses, ele descobriu que atuar é tão bom quanto cantar. “Estou adorando, me amarrando. Também estou realizando um sonho. Eu sempre quis ser ator. Ficava lá no alto da comunidade assistindo novelas e me imaginando dentro da telinha. E não é que aconteceu?”, brinca Leno Maycon Viana Gomes.

Mas esse “aconteceu” foi fruto de muita insistência do próprio Nego. “Minha música ["Não me Deixe Sozinho"] foi escolhida para estar na trilha sonora de “Malhação” e aí eu pedi… Não, eu implorei para a minha gravadora oferecer uma participação como quem não queria nada (rs). Cleiton, que a princípio ficaria um mês, continua firme e forte. Conversei com o autor [Emanuel Jacobina] e ele disse que é para eu me preparar porque está vindo muitas coisas boas. Estou me preparando e pronto para tudo”, conta Nego, que tinha feito um curso de teatro antes da fama, mas desde que estreou na TV contratou um coach particular.
 
Nego admite que ficar frente às câmeras não o inibe. Pelo contrário. “Eu fico super à vontade. A equipe de direção, produção e os meus colegas de elenco também me ajudam bastante, mas eu não tenho problema com marcação ou posicionamento de câmeras. Sei direitinho as deixas, o timing certo”, admite o funkeiro que conta um pouco como faz para decorar seus textos. “Eu pego os capítulos e leio tudo. Depois, estudo as minhas falas, ensaio e improviso um pouco. Quando chego para gravar, faço do meu jeito, e tem dado certo”, entregou o funkeiro. Ele ocupa a quarta colocação dos atores da atual "Malhação" que mais recebem cartas. Nego só fica atrás de Lucas Lucco e dos protagonistas, Nicolas Prattes e Marina Moschen. 
Reprodução/Instagram/negodoborel_oficial
Nego do Borel se sente à vontade com a preparadora de elenco de "Malhação", Frida Richter, e o diretor Leonardo Nogueira Imagem: Reprodução/Instagram/negodoborel_oficial
 
Por causas das gravações de segunda a quinta-feira, Nego diminuiu bastante os números de shows. Se antes, ele chegava a fazer 40 apresentações por semana, hoje, faz entre seis e sete. “Estou me dando esse luxo de diminuir o ritmo de shows porque, graças a Deus, as coisas andam bem demais, e também porque eu quero aprender, quero aproveitar essa oportunidade e investir mesmo na carreira de ator.”
 
Investir na carreira de ator não significa que Nego pretenda largar a música. “Não, não tem chance de ficar só na dramaturgia. Não posso largar a música. Se hoje eu estou lá e por causa do funk. A música é tudo para mim. É o meu tudo. Eu quero seguir nos dois caminhos. Vou tentar”, garante o cantor que tem mais 30 fã-clubes oficiais em todo Brasil e é seguido por quase dois milhões de pessoas nas redes sociais.
 
Ganhando R$ 40 mil de cachê por show (não confirmados, já que ele desconversou sobre valores e cifras), Nego assumiu que mantém uma Organização Não Governamental localizada no Morro do Borel, na Tijuca, Zona Norte do Rio, local onde nasceu. A FNB (Família Nego do Borel) oferece cursos profissionalizantes e aulas de judô e boxe para crianças e adolescentes. "Minha mãe toma conta de tudo, controla tudo e sempre que posso eu estou lá. Sinceramente, não sei dizer quanto eu invisto lá. O que eu faço, faço porque eu me sinto bem. Faço porque me deixa feliz", completa.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais TV e Famosos

Topo