Topo

TV e Famosos

Globo vai mostrar São Paulo alegre e sem violência em nova novela das 19h

Gisele Alquas

Do UOL, em São Paulo

01/03/2016 18h14

Inspirada em “Sassaricando”, de 1987, “Haja Coração” também se passará em São Paulo, mas nada de mostrar a violência urbana e os problemas que afetam a maior cidade do Brasil. A trama, que substituirá “Totalmente Demais”, focará em romance, personagens jovens e entrará no mundo das redes sociais.

A novela, que estreia em 16 de maio, começou a ser gravada no último dia 20 no Vale do Anhangabaú e na Vila Madalena. Os personagens centrais serão interpretados por Mariana Ximenes (Tancinha), Malvino Salvador (Apolo), João Baldasserine (Beto) e Cleo Pires, que será Tamara, que não existia na versão original.

“O foco é a relação humanizada entre os personagens. É uma novela muito família, sem violência. Não terá nada ligada ao crime. Novela tem que entreter, o telespectador tem que sentar, rir e relaxar. Teríamos muitos matizes para destacar ao retratar a cidade, e optamos por mostrar essa São Paulo solar, alegre. Optamos pela leveza”, afirma o diretor Fred Mayrink, durante conversa com jornalistas nesta terça-feira (1), em São Paulo.

Divulgação
Em "Sassaricando", Apolo e Tancinha eram Alexandre Frota e Claudia Raia Imagem: Divulgação

Autor de “Haja Coração”, Daniel Ortiz frisa que a trama não é remake de “Sassaricando”, mas uma releitura do sucesso de Silvio de Abreu. “Comecei a querer escrever novela depois que assisti ‘Sassaricando’. E sempre quis escrever sobre São Paulo, mostrar as culturas daqui, a arte. É um sonho poder reviver esses personagens que foram tão marcantes. Não é um remake, é tudo novo, é um outro ponto de partida. Não vou fazer uma cópia”, esclarece Ortiz, mesmo autor de “Alto Astral”.

Em “Sassaricando”, Tancinha foi interpretada por Claudia Raia, Apolo era o Alexandre Frota e Beto Bacellar foi vivido por Marcos Frota. Ortiz transformou o triângulo secundário da versão original em protagonista e mudou as características de cada um. “O Apolo era mais antagonista na versão original, era bruto. Esse Apolo é diferente, romântico. O amor entre eles é bem mais forte do que na versão original. Guel, papel de Edson Celulari, não existe nessa versão, por exemplo”, conta.

Uma das ousadias do autor é levar para "Haja Coração" uma personagem de outra trama. Trata-se de Shriley “Manca”, interpretada por Karina Barum em “Torre de Babel”, amiga de Jamantha (Cacá Carvalho). A novela foi ao ar em 1998. “Sempre gostei dessa personagem e quis inseri-la. Conversei com o Silvio que concordou”, adianta o autor. Shirley, vivida por Sabrina Petraglia, será irmã de Tancinha.

Personagem importante será ex-BBB

Tamara, personagem de Cleo Pires, será uma mulher capaz de tudo para atrapalhar a vida de Tancinha. Piloto de pick up, ela é irmã de Beto e “viciada” em adrenalina. “O Apolo começa a correr também e aí que suas vidas se entrelaçam e tudo se mistura porque ela não sabe que a paixão da vida do irmão é a Tancinha, namorada de Apolo, que é por quem Tamara se interessa. Ou seja, terá muita confusão”, complementa Daniel Ortiz.

Outras personagens de destaques na trama são Leonora Lammar, interpretada por Ellen Roche, que será uma ex-BBB que ficou confinada na Casa de Vidro e não conseguiu entrar no programa, e Fedora Abdala, papel de Tatá Werneck, viciada em rede social e que vai concorrer com outra blogueira para saber quem consegue mais seguidores no snapchat. Em "Sassaricando', Leonora foi defendida por Irene Ravache, e era uma das três namoradas de Aparício Varela (Paulo Autran), que nesta versão será interpretado por Alexandre Borges, e Fedora era Cristina Pereira.

Ainda no elenco estão Malu Mader, Carolina Ferraz, Marisa Orth, José Loreto, Agatha Moreira, Jayme Matarazzo, Nando Rodrigues, Claudia Jimenez, Maria Clara Gueiros, Marcelo Médici, Werner Schunemann, Tatá Werneck, Conrado Caputo, Marcos Pitombo, Chandelly Braz, Marcella Valente, Rafael Zulu, Betty Gofman, Fernanda Vasconcellos, Júlia Faria, Marcello Melo Jr, entre outros.

“Haja Coração” irá concorrer diretamente com “Escrava Mãe”, que inaugura um novo horário de novelas na Record e tem estreia prevista para abril.

Mais TV e Famosos