Topo

TV e Famosos

"As pessoas têm que se informar melhor", diz Iozzi sobre comentário do "JN"

Janaína Nunes

Colaboração para o UOL, de São Paulo

15/03/2016 23h09

Eleita a melhor apresentadora pela APCA em 2015 e com um decote generoso, Monica Iozzi estava radiante e disposta a falar até mesmo de assuntos polêmicos, como a sua declaração no Twitter que criticava quem emitia sua opinião apenas vendo o 'Jornal Nacional', assim que chegou ao Sesc Pinheiros, nesta terça-feira (15), local da premiação.

"Não esperava que meu post fosse gerar tantos comentários. Não estava falando especificamente do 'JN', mas é o que tem maior audiência do país. Quis dizer que as pessoas precisam se aprofundar um pouco mais nas notícias. As pessoas têm que se informar melhor e não emitir opinião sem saber do que está falando", explicou.

Iozzi sugeriu na rede social que a população está mal informada sobre os acontecimentos políticos do país: "Meu Deus!!! Que momento triste vivemos. Como estamos equivocados, cegos. Somos um povo que se informa apenas por manchetes do JN…".

A declaração da apresentadora rendeu centenas de comentários, alguns deles lembrando os tempos em que ela, então contratada do "CQC" (Band), pegava no pé dos políticos.

Monica não quis dizer o que fará agora que deixou o "Vídeo Show", no entanto, contou ter assistido o desempenho de sua substituta, Maíra Charken. "Não vi a estreia. Vi hoje (terça). Não acho que ela esteja parecida comigo. O estilo do programa é este. Tenho certeza que as pessoas vão amar. Só tem de esperar ela assentar e o povo parar de ser chato", disparou.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais TV e Famosos